Tailândia

Mercado de fim de semana Chatuchak

Resenha da Lonely Planet

Um dos maiores mercados do mundo, o Chatuchak parece reunir tudo que é possível comprar – de tênis vintage usados a filhotes de esquilos. Planeje um passeio de um dia, já que há muita coisa para ver e comprar. Mas chegue cedo, preferivelmente entre as 9h e as 10h, para evitar as multidões e o calor.

Há um centro de informações e um banco com caixas eletrônicos e cabines de câmbio no Chatuchak Park Office, perto da extremidade norte das Soi 1, Soi 2 e Soi 3 e do mercado. Mapas esquemáticos e banheiros estão espalhados pelo mercado.

Há poucos vendedores nas manhãs dos dias de semana, e uma feira diária de hortaliças, plantas e flores oposta à extremidade sul do mercado. Uma das seções do último, conhecido como Or Tor Kor Market, vende frutas e mariscos incrivelmente gigantescos, e tem também uma praça de alimentação decente.

Uma vez que você estiver enfurnado nas profundezas do Chatuchack, a impressão é que não há ordem ou como escapar, mas o mercado é organizado em seções relativamente coerentes. Use a torre do relógio como ponto de referência.

Antiguidades, artesanato e suvenires

A Seção 1 é onde ficam as estátuas do Buda, os LPs antigos e outras velharias aleatórias. Artigos artesanais mais profanos, como instrumentos musicais e itens de tribos montanhesas podem ser encontrados nas Seções 25 e 26. A Baan Sin Thai vende uma mistura de máscaras kŏhn e brinquedos tailandeses vintage, ambas opções divertidas de suvenires; a Kitcharoen Dountri se especializa em instrumentos musicais tailandeses, incluindo flautas, apitos, tambores e CDs de música clássica nativa. Outros presentes curiosos incluem as frutas tailandesas de plástico da Marché, ou as miniaturas das mesmas na Papachu, nas proximidades.

Roupas e acessórios

Os artigos de vestuário dominam a maioria do Chatuchak, começando na Seção 8 e continuando pelas seções de números pares até a 24. As Seções 5 e 6 vendem roupas usadas para qualquer subcultura adolescente tailandesa, de punks a caubóis; já onde a Soi 7 atravessa as Seções 12 e 14, fica uma grande quantidade de opções de moda e hip-hop e skatistas. Marcas independentes um pouco mais sofisticadas podem ser encontradas nas Seções 2 e 3, e roupas em tamanhos compatíveis com turistas e tecidos ficam nas Seções 10 e 8.

Em termos de acessórios, várias lojas nas Seções 24 e 26, como a Orange Karen Silver, se especializam em joias grandes de prata e pedras semi-preciosas brutas.

Comer e beber

Uma grande variedade de pratos e lanches rápidos ao estilo tailandês ajudam a combater a “raiva de Chatuchak” (mau humor causado por desidratação ou fome), e numerosas barracas de comida ficam entre as Seções 6 e 8. Destaques de longa data incluem o Foon Talop, um restaurante Isan super popular; o Café Ice, uma fusão tailandesa/ocidental que serve um bom pàt tai e smoothies gostosos; e Saman Islam, um restaurante tailandês muçulmano que tem no cardápio um saboroso arroz biryani de frango. O Viva 8 conta com um DJ e, durante a nossa visita, tinha um chef preparando travessas enormes de paella.

Se ar condicionado é uma necessidade, dê uma passada no Toh-Plue, que serve todos os costumeiros pratos tailandeses. E, no final do dia, tome uma cerveja no Viva’s, um café-bar que tem música ao vivo ou, se já estiver escuro, atravesse a rua e vá até um dos whisky bars ao longo da Th Kamphaeng Phet 2.

Artigos de casa e decoração

As extremidades norte e noroeste do mercado, particularmente as Seções 8 e 26, especializam-se em todos os tipos de artigos para casa, desde baldes de plástico baratinhos até woks de cobre mais caras. Esta área é particularmente ótima para comprar cerâmica tailandesa a bons preços – desde artigos em cerâmica verde-acizentada até tigelas com estampas de galos, típicas de Lampang.

A N & D Tablewares tem uma grande variedade de produtos planos de aço inoxidável, e a Ton-Tan vende pratos, tigelas e outros utensílios feitos de cana-de-açúcar.

Quem estiver a fim de apimentar a cozinha tem de passar pela Spice Boom, onde é possível encontrar ervas e temperos desidratados tanto para consumo como para decoração. Outros caprichos olfatórios incluem sabonetes artesanais, loções, sais e exfoliantes na D-narn, e os perfumes aromáticos e óleos essenciais da AnyaDharu Scent Library.

Para artigos menos utilitários, a Seção 7 é uma galeria virtual ao ar livre – curtimos, em especial, a Pariwat A-nantachina, que tem murais temáticos de Bangkok. Várias lojas da Seção 10, incluindo a Tuptim, vendem artigos laqueados de Burma, novos e antigos. A Meng tem uma mistura empoeirada de antiguidades inusitadas da Tailândia e de Burma.

Animais de estimação

Essa possivelmente será a sua experiência mais divertida de ir “olhar vitrines” – acariciando filhotes de cães e gatos nas Seções 13 e 15. A Soi 9 das duas seções tem diversas lojas que vendem exclusivamente roupas para animais de estimação. Vale a pena mencionar também que, no passado, esta seção esteve associada à venda ilegal de animais silvestres, embora muito desse tipo de comércio agora seja realizado no submundo.

Plantas e jardinagem

O perímetro interior das Seções 2 e 4 tem uma variedade enorme de vasos de plantas, flores, ervas, frutas e os acessórios necessários para o seu cultivo. Muitas dessas lojas abrem também à tarde nos dias de semana.