Sri Lanka

Todas em Sri Lanka

‹ Anterior

de 2

  1. Grand Hotel

    Não é o lugar mais barato da cidade para beber, mas tem um adorável clima de época animado por uma lareira e pôsteres de filmes antigos. Os garçons mais velhos provavelmente o desafiarão para um jogo de bilhar no salão adjacente. Você tem que pagar pelo privilégio (Rs 500 por hora), mas é uma experiência Nuwara Eliya típica.

  2. Alpine Hotel

    O exterior desta pousada é todo de vidro, e o revestimento de madeira é impressionante. Os 25 quartos são bons, mas alguns são bolorentos. O fogo é aceso na sala de estar todas as noites, dando ao lugar um clima aconchegante. Tem um bar de túnel do tempo e salão de bilhar também.

    Nossos autores independentes visitaram o Alpine Hotel e o selecionaram como um dos nossos hotéis recomendados em Nuwara Eliya.

  3. Associação de Arte Kandyan e Centro Cultural

    Tem uma boa seleção de objetos de laca, bronze e outros itens de artesanato em um showroom da era colonial coberto pela pátina do tempo. Alguns artesãos trabalham no local. Preços um pouco altos.

  4. Bandarawela Hotel

    Há cerca de 80 anos eles pararam de modernizar a mobília neste venerável clube de plantadores de chá. Agora, no século 21, este hotel é lindo e alegre. Então, ponha seu chapéu de safári, o short de caminhada, luvas e meias compridas e se acomode em uma das relaxantes espreguiçadeiras.

    Não há nada forçado neste lugar. É uma cápsula do tempo e, como tal, tem muito clima, mas poucos confortos modernos. Para os fãs do colonial, só ele já justifica a viagem até Bandarawela.

    Nossos autores independentes visitaram o Hotel Bandarawela e o selecionaram como um dos nossos hotéis recomendados em Bandarawela.

  5. Buduruwagala

    Cerca de 5km ao sul de, uma estrada secundária segue para oeste da estrada Tissa rumo às belas estátuas de Buda de mil anos e construídas em pedra em Buduruwagala. Cercado por estátuas menores, o gigantesco Buda em pé (com 15m, é o mais alto da ilha) no centro ainda guarda traços do revestimento original de gesso, e uma longa faixa cor de laranja sugere que ele já foi pintado.

    As Estátuas Centrais

    A que está no centro das três estátuas à direita do Buda é Avalokiteśvara (o bodisatva da compaixão) do budismo maaiana. À esquerda desta escultura pintada de branco há outra, feminina, considerada sua consorte, Tara. Diz a lenda local que a terceira estátua representa o Príncipe Sudhana.

    As Outras Estátuas

    Das três estátuas à esquerda do Buda, a coroada no centro do grupo é Maitreya, o futuro Buda. À esquerda dele está Vajrapani, que segura uma vajra (um símbolo de raio em forma de ampulheta) – um exemplo incomum do lado Tântrico do budismo no Sri Lanka. A estátua à esquerda pode ser Vishnu ou Sahampath Brahma. Várias estátuas mantêm a mão direita erguida com dois dedos dobrados em direção à palma – um gesto de chamado.

    O nome Buduruwagala deriva das palavras para Buda (Budu), imagens (ruva) e pedra (gala). Acredita-se que as estátuas são do século 10 e pertencem à escola do Budismo Maaiana, que teve um breve apogeu no Sri Lanka nessa época.

    Recentemente uma velha estupa foi descoberta na metade do caminho a partir a junção onde estão as esculturas.

    Dicas práticas:

    Você pode achar um guia, que vai querer uma gorjeta. Um triciclo de Wellawaya custa cerca de Rs 500 ida e volta. Algumas pessoas vão a pé a partir da junção com a estrada principal, o que é muito agradável, mas também muito quente e demorado. A rota atravessa vários lagos. Preste atenção às aves da região, entre elas muitas garças.

  6. Caminhada na Floresta Kitulgala

    As encostas íngremes que cercam Kitulgala são cobertas por florestas densas, e a área tem trilhas cansativas, mas boas para um dia de caminhada. Você vai precisar de um guia, um bom calçado, produtos impermeáveis e repelente de sanguessuga. Muitos hotéis podem arrumar um guia e sugerir uma rota adequada; Channa Perera no Rafter’s Retreat é o “mateiro” mais experiente da área e conhece bem a flora e a fauna locais.

  7. Centro de Meditação Budista Nilambe

    Este centro de meditação oferece aulas diárias de meditação distribuídas em estadias mínimas de três a cinco dias. Tem acomodação básica. Reservas devem ser feitas pelo site com duas semanas de antecedência, pelo menos.

    O centro fica perto de Nilambe Bungalow Junction, ao sul de Kandy. Dá para chegar lá no ônibus 633 (pegue um ônibus Delthota via Galaha e desça em Office Junction). De Office Junction, você pode andar os 3km escarpados por plantações de chá ou pegar um triciclo por 250 para o centro. Um táxi de Kandy custa Rs 1400 só ida.

  8. Fábrica de Chá Dambatenne

    Poucas fábricas de chá nesta região têm prazer em receber visitantes. A mais popular, Dambatenne, foi construída em 1890 por Sir Thomas Lipton, uma das mais famosas personagens da história do chá. A visita é uma aula sobre os processos envolvidos na fermentação, secagem, corte, peneira e classificação do chá. A visita a esta fábrica de chá deve ser a mais abrangente, e depois você pode beber uma xícara.

    Aos domingos não há processamento, então, não há muito para ver.

    Fica a 11km de Haputale, mas o acesso à fábrica é fácil. Pegue um ônibus na estação para Bandarawela e desça na fábrica de chá (ônibus nos dois sentidos a cada 30 minutos, Rs 23). Um triciclo ida e volta custa de Rs 500 a Rs 600.

  9. Grand Indian

    De longe o restaurante favorito da cidade, tanto que, à noite, é comum ter que esperar por uma mesa. Aqui é servida a rica e deliciosa comida do norte da Índia. O serviço é rápido e eficiente, e o lugar tem uma energia vibrante.

  10. Heritance Tea Facto

    Um dos hotéis mais originais do Sri Lanka, o Heritance, construído em uma fábrica de chá de um século de idade, atravessa a fronteira entre museu e hotel de luxo. Boa parte do maquinário da fábrica ainda está no local e foi incorporada ao projeto do hotel. Os quartos são imponentes e luxuosos, há várias atividades e o serviço é de primeira.

    Há dois restaurantes diferentes que servem algumas das melhores refeições nas montanhas. Um funciona dentro do vagão de um velho trem a vapor, que ainda tem seu apito e  se move pela via.

    Os quartos familiares, o playground, os passeios de pônei e o serviço de babá fazem do hotel uma boa escolha para quem viaja com crianças.

    O Heritance fica 30 minutos a nordeste de Nuwara Eliya.

    Nossos autores independentes visitaram o Heritance Tea Factory e o selecionaram como um dos nossos hotéis recomendados em Nuwara Eliya.

  11. High Tea at the Grand

    Para o melhor chá na cidade, não perca o Chá no Grand Hotel, às 15h30 em ponto. Garçons em uniformes brancos descobrem um bufê repleto de perfeitos sanduíches triangulares e bolinhos acompanhados por uma vasta seleção de chás.

    O Chá é servido no gramado ao ar livre ou no salão semiaberto.

  12. Hill Club

    Jantar no Hill Club é um evento. O cardápio de cinco pratos foca tradicionais refeições inglesas, como rosbife com todos os acompanhamentos. Tudo acontece com desbotada fanfarronice colonial. Os homens têm que usar paletó e gravata – há uma pequena coleção à mão. Mulheres também devem se vestir com formalidade.

    A comida não atende às expectativas de todos, especialmente com preços relativamente altos, mas ainda é uma grande experiência. Chegue uma hora antes do jantar para um drinque nos bares do Hill Club. Até poucos anos atrás o “Casual Bar” era “só para homens”. Agora todas as variações de gênero são bem-vindas, desde que se vistam com elegância, mas ouvimos relatos sobre nativos de Sri Lanka de uma certa “classe” nem sempre serem admitidos. Se não for para passar a noite, você terá que pagar uma taxa de adesão temporária de Rs 100.

  13. Jardim Botânico Peradeniya

    Houve um tempo em que este belo jardim botânico era reservado apenas para a realeza de Kandyan. Hoje até os plebeus podem entrar no jardim botânico que, com 60 hectares, é o maior e mais impressionante do Sri Lanka.

    Entre os muitos destaques há uma coleção de orquídeas e uma alameda de palmeiras reais. Outro grande sucesso é a gigantesca figueira Javan no grande gramado. Cobrindo 2500 m², ela é como uma enorme e viva cúpula geodésica.

    Nos fins de semana e feriados os jardins ficam lotados de turistas locais propensos ao romantismo, e pode ser difícil se locomover sem tropeçar em um ou outro jovem casal namorando.

    Se a comida é mais importante que o amor, você encontra uma cafeteria cara (pratos Rs 550 a Rs 1000) cerca de 500m ao norte da entrada. A comida ocidental e do Sri Lanka é servida em uma varanda coberta. Melhor é levar um piquenique. Só fique atento à matilha insistente de cães locais.

    O ônibus 644 (Rs 15) que sai da parada da torre do relógio de Kandy vai para o jardim. Um triciclo de Kandy custa cerca de Rs 700 ida e volta; uma van custa cerca de Rs 1500. Muitos motoristas de táxi integram uma visita aos jardins no passeio ao Orfanato de Elefantes Pinnewala ou ao templo de Kandy.

  14. Kelaniya Ganga White-water Rafting

    O Kelaniya Ganga,  rio que corre por Kitulgala, oferece o melhor rafting no Sri Lanka. A viagem clássica tem sete corredeiras Classe 2-3 em 7km por US$30 por pessoa, com transporte e almoço inclusos. São quase duas horas na água. Praticantes experientes podem escolher corredeiras classe 4-5, mais difíceis, por um arranjo especial. Quase todos os hotéis podem organizar um passeio com rafting, ou há vários centros de atividade ao longo da estrada principal. Todos oferecem praticamente o mesmo pacote pelo mesmo preço.

    O Kelaniya Ganga também tem bons lugares para nadar; um deles fica ao lado do Plantation Hotel.

  15. Olde Empire Cafe

    As pessoas que conheceram o Olde Empire há poucos anos ficarão chocadas com a recente transformação de velha relíquia bolorenta em um restaurante exuberante, moderno e muito convidativo onde os clientes se sentam embaixo de pinturas fluorescentes e comem ótimos arroz e curries, massas, saladas e sucos.