PragaDicas e artigos

Como ter um fim de semana perfeito em Praga

Matt Phillips

Praga pode ser uma cidade cheia de atrações incríveis, e todas estão próximas o suficiente umas das outras para que você possa visitar quase tudo em dois dias. Descubra como tirar o máximo proveito da cidade com este itinerário para um fim de semana perfeito que elaboramos.

 

O Castelo de Praga se impõe acima da margem esquerda do Vltava com a Ponte Carlos ao fundo © NaughtyNut / Shutterstock

Sábado de manhã

Castelo de Praga e Hradčany

Percorra os pátios do amplo Castelo de Praga, residência dos monarcas tchecos durante séculos. O lugar, bem no alto, na margem esquerda do Vltava, possui uma variedade incrível de galerias, museus e prédios históricos. Passe a manhã explorando lugares importantes como a Catedral de São Vito – construída ao longo de 600 anos e consagrada apenas em 1929, essa igreja é um pedaço fascinante de história. A visita ao Antigo Palácio Real também é obrigatória: uma das estruturas mais antigas do complexo, a construção data de 1135. Uma vez lá dentro, certifique-se de vislumbrar o teto abobadado em estilo gótico do Salão Vladislav. Embora tenha sido construído entre 1493 e 1502, suas linhas têm uma aparência quase art-noveau. Antes de ver a troca da guarda ao meio-dia, tente dar uma olhada no Palácio Lobkowicz, construído no século 16. Em seu interior, estão as Coleções Principescas, que incluem mobília, pinturas inestimáveis de Canaletto, Piranesi, Breughel, o Velho e Cranach, além de memorabilia musical.  

Antes de sair do castelo, almoce um goulash ou um sanduíche em uma das varandas do Lobkowicz Palace Café. A comida é tão boa quanto a vista.

 

O domo de cobre da Igreja de São Nicolau domina o horizonte e coroa um dos prédios barrocos mais grandiosos da Europa Central © Ross Helen / Shutterstock

Sábado à tarde

Malá Strana

Desça do Castelo de Praga para a Malá Strana pela rua Nerudova, o que lhe permitirá admirar a beleza barroca da enorme cúpula de cobre da Igreja de São Nicolau. Lá dentro, o maior afresco da Europa – a Apoteose de São Nicolau, pintada por Johann Kracker em 1770 – está à sua espera. Ao usar técnicas de trompe l’oeil, Kracker permitiu que a pintura se mesclasse quase imperceptivelmente com a arquitetura. Em seguida, visite o tranquilo Jardim Wallenstein, a fim de relaxar um pouco. Quando decidir ir embora, pegue a saída da direita e siga as ruazinhas até Kampa, outro dos melhores espaços verdes da cidade. Se o dia estiver ensolarado, pare um pouquinho e beba algo no Mlýnská Kavárna. Se não, faça uma homenagem ao escultor cubista Otto Gutfreund e o pintor František Kupka com uma visita ao Kampa Museum.

 

Não há melhor lugar para ver o pôr do sol em Praga do que dos paralelepípedos da Ponte Carlos © TTstudio / Shutterstock

Sábado à noite

Malá Strana

Quando o sol começar a se pôr, iluminando suavemente a cidade, vá para a Ponte Carlos admirar esse espetáculo. Para alimentar sua noite, faça uma refeição no Augustine, um restaurante de hotel descontraído e sofisticado. Em seu cardápio, há pratos criativos com ingredientes locais, além de escolhas deliciosas como bochechas de porco cozidas na cerveja do próprio hotel. Fique em Malá Strana para um drink depois do jantar – a área é cheia de bares descolados. Uma ótima opção é o pequenino U Malého Glena, cujos proprietários são norte-americanos e onde diariamente acontecem apresentações de jazz e blues de bandas locais.

 

A Igreja de Týn, com suas duas torres góticas, e o Relógio Astronômico ficam na Praça da Cidade Velha de Praga © Adisa / Shutterstock

Domingo de manhã

Staré Město

Comece seu domingo na Praça da Cidade Velha, um dos maiores e mais majestosos espaços urbanos do continente. Desde o século 10, a Staroměstské náměstí (Staromák como abreviação) é a mais importante praça pública da cidade e recebia a principal feira de Praga até pouco mais de um século atrás. É impossível não notar (graças à multidão de espectadores) o Relógio Astronômico que ganha vida por 45 segundos a cada hora. Para uma melhor visão do espetáculo, suba até o topo da Torre da Antiga Prefeitura. Em seguida, caminhe pelo Celetná até a magnífica art-noveau Casa Municipal – até mesmo seu restaurante e café é um testemunho dessa época, então apenas relaxe e admire a paisagem. Dentro do prédio, o Salão Smetana recebe concertos e, por isso, talvez seja uma boa hora para a compra de ingressos de uma apresentação à noite. Um passeio na Casa Municipal também é uma opção.

 

O interior mouro-andaluz da Sinagoga Espanhola © maziarz / Shutterstock

Domingo à tarde

Staré Město

Se você não almoçou na Casa Municipal, experimente o Lokál. O menu dessa clássica cervejaria tcheca muda diariamente, mas oferece sempre uma saborosa seleção de delícias boêmias para acompanhar tankové pivo (chope de Pilsner Urquell). Um jeito significativo de passar a tarde é visitar a meia dúzia de monumentos que formam o Museu Judaico de Praga. Se estiver com pouco tempo e energia, é melhor focar em três lugares principais. O primeiro é a Antiga-Nova Sinagoga – construída em 1270, é a sinagoga mais antiga da Europa e uma das primeiras estruturas góticas da cidade. Ela é tão antiga que foi levantada quando o nível da Staré Město era muito mais baixo (você precisa descer para chegar lá). A Sinagoga Espanhola, embora muito mais nova, é outro destaque. Terminada em 1868, ela ostenta um imponente interior mouro-andaluz. Por fim, visite o cemitério judaico mais antigo da Europa. Desde sua fundação, no início do século 15, até seu fechamento oficial, em 1787, cerca de 100 mil judeus foram enterrados aqui. Hoje, você pode ver 12 mil lápides gastas que foram empilhadas uma em cima da outra, bem como túmulos também amontoados por falta de espaço.

 

Músicos clássicos no palco para uma apresentação na Casa Municipal © Doug McKinlay / Lonely Planet

Domingo à noite

Staré Město

Comece sua noite de domingo com uma refeição memorável preparada com ingredientes locais e tratamento francês no Kalina. Satisfeito, você estará pronto para todas as opções noturnas: um concerto no Salão Smetana, na Casa Municipal, ou na Capela dos Espelhos do Klementinum. Ou, ainda, vá à ópera no Teatro Stavoske. Depois, procure drinques na Cidade Velha, em lugares como o Hemingway Bar e o Čili Bar.

Este artigo foi publicado em Fevereiro de 2020 e foi atualizado em Fevereiro de 2020.

Praga