Peru

Dança tradicional do Peru

Bem-vindo ao Peru

Traços milenares

Uma visita ao país não é completa sem uma peregrinação à magnífica cidadela de inca de Machu Picchu, mas na verdade esse lugar admirável é só um vislumbre de 5 mil anos de história. Em Chan Chan, percorra os remanescentes empoeirados de uma grande cidade, as maiores ruínas pré-colombianas das Américas. Sobrevoe os enigmáticos geoglifos gravados na terra árida em Nazca. Ou aventure-se pela floresta montanhosa que circunda a fortaleza de Kuelap. Os grandes museus de Lima, com cerâmicas de valor inestimável, ouro e alguns dos mais requintados tecidos do mundo, revelam em detalhes a sofisticação, a técnica e a paixão de civilizações perdidas. Visite comunidades remotas e veja como as tradições milenares ainda sobrevivem. Mergulhe na essência peruana e, quando sair de lá, terá chegado mais perto do passado.

 

O prazer e o paladar 

Algumas culturas são perseguidas por questões existenciais. Para muitos peruanos, contudo, a pergunta que mais os atormenta diariamente parece simples: o que comer? Ceviche com milho e picantes lascas de chile, guisados cozidos durante horas na cerveja com coentro, o chocolate aveludado da Amazônia. No centro da gastronomia latino-americana, tantas opções podem desconcertar. A grande diversidade geográfica e cultural trouxe ingredientes – de tubérculos andinos a frutos da floresta tropical – a uma culinária criada na complexa história de influências espanhola, indígena, africana e asiática. A verdade é que a gastronomia fusion existia no país muito antes de virar moda. Agrade o seu paladar em incursões pelos inúmeros e caóticos mercados. Prove os anticuchos (espetos de coração bovino) grelhados nas esquinas e delicie-se com a refinada culinária novoandina (nouvelle peruana). Afinal, passar fome no Peru nunca foi uma opção.

 

Aventura!

Dunas gigantes, picos que parecem esculpidos com cinzel e ondas que quebram muito perto dos automóveis no trânsito da capital: do centro de Lima aos lugares mais remotos, esse vasto país é um paraíso para o viajante aventureiro. Você vai encontrar de tudo (rafting, parapente, tirolesa, trilhas de bicicleta), o que não quer dizer que sua aventura tenha de ser um evento olímpico – saia para observar araras-vermelhas, seguir as pegadas de grandes felinos na Amazônia, ver o pôr do sol sobre as ruínas de alguma civilização antiga, ou participe da peregrinação a um pico andino que o povo peruano acredita ser um deus. Nosso conselho? Não se apresse. Proponha-se a fazer bem menos do que acha que deveria. Atrasos vão surgir.
As fiestas podem entretê-lo durante dias, e é aí que você se dá conta: a aventura, mesmo, é chegar até lá.

 

Última atualização: 27 de Maio de 2014

Dicas e artigos

  1. Construções na famosa Machu Picchu

    5 lugares que você precisa visitar no Peru

    29 de Julho de 2015

    Uma visita ao país não é completa sem uma peregrinação à magnífica cidadela inca de Machu...

    Leia mais

  2. Fernanda Monteiro conta sobre sua viagem ao Peru

    Relato: Cusco, Ollantaytambo, Macchu Picchu, Puno e Lima

    04 de Dezembro de 2015

    São ao todo 9 países, mais de 30 cidades diferentes e, sinceramente, acho que posso dizer que de...

    Leia mais

Veja todas as dicas & artigos para Peru