Paris

Atrações em Paris

‹ Anterior

de 1

Próxima ›
  1. Cathédrale de Notre Dame de Paris

    Este é o coração de Paris – tanto, que as distâncias entre a capital e outras cidades da França é medida a partir da place du Parvis Notre Dame, a praça em frente à Catedral de Nossa Senhora de Paris. A Notre Dame é o ponto mais visitado de Paris e tem entrada gratuita, com 14 milhões de turistas atravessando sua nave todos os anos, não é apenas uma obra-prima da arquitetura gótica francesa, mas também o núcleo da Paris católica por sete séculos.

  2. Centre Pompidou

    O Centre National d’Art et de Culture Georges Pompidou (Centro Nacional de Arte e Cultura Georges Pompidou), também conhecido como Centre Beaubourg, tem encatado visitantes desde que foi inaugurado, em 1977, não apenas por sua exuberante coleção de arte moderna, mas também por seu estilo arquitetônico conceitual. O 4º e o 5º andar exibem uma pequena quantidade das mais de 65 mil obras assinadas por 5,7 mil artistas do Musée National d’Art Moderne (MNAM; Museu Nacional de Arte Moderna). Esta é a principal coleção francesa da arte produzida a partir de 1905, incluindo surrealistas e cubistas, assim como pop art e trabalhos contemporâneos. 

    place Georges Pompidou

    01 44 78 12 33

    www.centrepompidou.fr

    11h-21 h qua-seg

  3. Jardin des Tuileries

    O Jardim de Tuileries, de 28 hectares, é um pouco formal (mas lindo) e começa a oeste do Jardin du Carrousel. Foi acabado da maneira como está agora por volta do ano de 1664 por André Le Nôtre, que também criou os jardins de Vaux-le-Vicomte e de Versailles. Hoje, é apreciado por corredores e faz parte do Patrimônio Mundial das Margens do Sena, cunhado em 1991 pela Unesco. Tem também lindas esculturas, como As Mãos de Boas-Vindas, de Louise Bourgeois (1996), de frente para a place de la Concorde. Vale a pena se sentar ao redor de suas fontes com vista para Torre Eiffel e apreciar a beleza de Paris.

  4. Musée du Louvre

    O vasto Palais du Louvre foi construído como uma Fortaleza por Philippe-Auguste no início do século XVIII e reconstruído na metade do século XVI para ser usado como residência real.  Hoje, é simplesmente o museu mais famoso e visitado do planeta – e, por isso, pode ser bastante cansativo visitá-lo (embora seja quase obrigatório para quem vai a Paris). Tem impressionantes 35 mil objetos de arte, entre pinturas e esculturas. A Mona Lisa, de Da Vinci, sua mais famosa obra, fica na sala 7, no 1º andar, na Salle de la Joconde, na Asa Denon.

  5. Panthéon

    O Panthéon é um exemplo majestoso do neoclassicismo do século XVIII. Sua construção foi encomendada por Luís XV em 1750, aproximadamente, para ser uma abadia dedicada à Ste Geneviève (Santa Genoveva), como forma de agradecimento por sua recuperação de uma doença. Entre os cerca de 80 “residentes permanentes” de sua cripta, estão Voltaire, Jean-Jacques Rousseau, Louis Braille, Émile Zola e Jean Moulin. A primeira mulher a ser sepultada no Panthéon foi Marie Curie (1867–1934), ganhadora de dois prêmios Nobel, cujo corpo foi transferido em 1995 junto ao do seu marido, Pierre.