Paris

Todas em Paris

‹ Anterior

de 2

  1. A Simon

    Uma loja de artigos para cozinha mais moderna do que a E Dehillerin, próxima dali. A Simon tem mais tigelas, panelas e utensílios (assim como recipientes de barro e facas) do que você imaginava que existiam, em duas lojas separadas.  

  2. Andy Walhoo

    Encontro de Casablanca com Andy Warhol nesse bar de coquetéis moderno e multicolorido, escondido ao norte do Centre Pompidou. Atrai gente descolada com sua house music e atmosfera animada.

  3. Au P’tit Garage

    Praticamente o último bar “de bairro” desse quartier, o Pequena Garagem atrai a freguesia local com rock’n’roll e decoração simples. Ainda é o nosso lugar favorito da rua.

  4. Café de Flore

    Os bancos com estofado vermelho, os espelhos e as paredes de mármore desse ambiente art déco não mudaram muito desde os tempos em que Sartre, Simone de Beauvoir, Albert Camus e Pablo Picasso trocavam ideias aqui. Pode-se tomar um drinque no movimentado terraço e observar o movimento da St-Germain, uma das mais elegantes vias de Paris.

  5. Carrousel du Louvre

    Construído ao redor da pirâmide invertida de IM Pei, embaixo da place du Carrousel, esse centro de compras contém mais de 30 lojas (10-20h, diariamente), uma variedade de restaurantes e até o teatro Comédie Française Studio Théâtre.

  6. Cathédrale de Notre Dame de Paris

    Este é o coração de Paris – tanto, que as distâncias entre a capital e outras cidades da França é medida a partir da place du Parvis Notre Dame, a praça em frente à Catedral de Nossa Senhora de Paris. A Notre Dame é o ponto mais visitado de Paris e tem entrada gratuita, com 14 milhões de turistas atravessando sua nave todos os anos, não é apenas uma obra-prima da arquitetura gótica francesa, mas também o núcleo da Paris católica por sete séculos.

  7. Centre Pompidou

    O Centre National d’Art et de Culture Georges Pompidou (Centro Nacional de Arte e Cultura Georges Pompidou), também conhecido como Centre Beaubourg, tem encatado visitantes desde que foi inaugurado, em 1977, não apenas por sua exuberante coleção de arte moderna, mas também por seu estilo arquitetônico conceitual. O 4º e o 5º andar exibem uma pequena quantidade das mais de 65 mil obras assinadas por 5,7 mil artistas do Musée National d’Art Moderne (MNAM; Museu Nacional de Arte Moderna). Esta é a principal coleção francesa da arte produzida a partir de 1905, incluindo surrealistas e cubistas, assim como pop art e trabalhos contemporâneos. 

    place Georges Pompidou

    01 44 78 12 33

    www.centrepompidou.fr

    11h-21 h qua-seg

  8. Fontainebleu

    Para ver um castelo digno de príncipes e princesas, é preciso passar apenas um dia fora de Paris. O Château Fontainebleu tem 1900 cômodos e é um dos mais bonitos e bem decorados da França. Para chegar a ele, pegue um trem na Gare de Lyon até a estação Fontainebleu, a 69 km de Paris.

  9. Hammam de la Mosquée de Paris

    Massagens no estilo hammam custam 1 euro por minuto e vêm em pacotes de 10, 20 ou 30 minutos. Se você gosta de esfoliações corporais e chá de menta, faça a massagem formule. Leve roupa de banho e alugue uma toalha ou roupão.

  10. Hôtel de L’Abbaye Saint Germain

    São as áreas externas deliciosamente românticas que separam esse hotel dos outros quatro-estrelas. O café da manhã é servido sob trepadeiras num dos mais lindos pátios da cidade.

  11. Hôtel Meurice

    Com 160 quartos requintados, muitos com vista para as Tuileries, o Meurice brilha com seu ouro e cristal art nouveau. É um verdadeiro baluarte do bom gosto e do atendimento personalizado. Somente para os que procuram um hotel verdadeiramente de luxo.

  12. Hotel Saint-Jacques

    Esse elegante hotel fica muito bem localizado, próximo à Sorbonne. Tem 36 quartos, alguns com varandas com vista para o Panthéon. O salão de café da manhã, com temática em estilo cabaré, é muito acolhedor.

  13. Jardin des Tuileries

    O Jardim de Tuileries, de 28 hectares, é um pouco formal (mas lindo) e começa a oeste do Jardin du Carrousel. Foi acabado da maneira como está agora por volta do ano de 1664 por André Le Nôtre, que também criou os jardins de Vaux-le-Vicomte e de Versailles. Hoje, é apreciado por corredores e faz parte do Patrimônio Mundial das Margens do Sena, cunhado em 1991 pela Unesco. Tem também lindas esculturas, como As Mãos de Boas-Vindas, de Louise Bourgeois (1996), de frente para a place de la Concorde. Vale a pena se sentar ao redor de suas fontes com vista para Torre Eiffel e apreciar a beleza de Paris.

  14. La Boutique Du Créateur De Jeux

    Uma verdadeira joia, esta loja oferece jogos de tabuleiro e de cartas criados recentemente na França, muitos deles bilíngues (inglês e francês). O jeux de mesure são feitos sob medida e há edições limitadas com ênfase em temas sociais, como abuso de álcool, igualdade para imigrantes etc.

     

     

  15. La Jacobine

    Que descoberta deliciosa! Híbrido de salão de chá e taverna à moda antiga, lota ao meio-dia de clientes que vêm em busca de tortas caseiras, saladas gigantes e ensopados deliciosos. Fica em uma linda galeria de 1735.