PacíficoDicas e artigos

Os melhores eventos gastronômicos da Nova Zelândia

Vinícolas em Wither Hills, Marlborough

por Tracy Whitmey

Produtos frescos, produtores artesanais, vinhos top de linha e uma cena animada de cervejas artesanais fazem da Nova Zelândia um destino de dar água na boca até mesmo nos entusiastas mais exigentes do mundo gourmet. E o melhor de tudo é que é bem fácil para os visitantes desfrutarem de tudo isso em uma grande variedade de festivais repletos de comida tentadora, vinhos e cervejas. Esses festivais oferecem ainda a oportunidade de provar guloseimas regionais e drinks saborosos, muitas vezes em meio a paisagens estonteantes.

Quer você esteja em busca da extravagância de uma cidade grande ou da culinária autêntica de uma cidadezinha do interior, o calendário de festivais gastronômicos da Nova Zelândia oferece várias possibilidades em torno das quais planejar sua viagem. Veja abaixo nossa seleção por temporada das melhores formas de seduzir seu paladar.

 

Primavera (setembro, outubro, novembro)

À medida que a temperatura se eleva, as feiras livres ganham vida com couves e aspargos suculentos. Na costa oeste da Ilha Sul, a época é de salmão. Não deixe de experimentar as fritadas de peixe-miúdo – minúsculos peixes translúcidos empanados com ovos e fritos até ficarem crocantes.

 

Whitianga Scallop Festival (setembro)

A gloriosa região costeira de Coromandel celebra as vieiras e os frutos do mar da nova estação. (scallopfestival.co.nz)

Aproveite sua estadia em Coromandel para conhecer a espetacular Cathedral Cove Beach
©Pete Seaward/Lonely Planet 

 

Kaikoura Seafest (Outubro)

Em maori, “kai” significa comida e 'koura' significa lagosta. O Kaikoura Seafest oferece uma grande variedade de frutos do mar. Para começar, pense em lagostas, mexilhões de lábios verdes e vieiras. Então adicione cervejas artesanais e bandas locais e o resultado será uma experiência inesquecível. (seafest.co.nz)

 

Toast Martinborough (novembro)

A poucos passos de Wellington, a encantadora cidade de Martinborough oferece uma ampla variedade de restaurantes vintage misturados a restaurantes com comida de qualidade e música ao vivo. (toastmartinborough.co.nz)

 

Food & Wine Classic Summer (novembro)

O lema desse festival é “garantir que você venha com fome" para os dez dias de eventos de culinária gourmet e vinhos que acontecem na região de Hawke Bay, a mais antiga área de vinícolas da Nova Zelândia. Há, também, um evento de inverno em junho. (fawc.co.nz)

 

Verão (dezembro, janeiro, fevereiro)

O verão é época de relaxar e ir à praia. Se estiver viajando de carro, coloque um isopor ou caixa de gelo no porta-malas para deixar algumas guloseimas prontas para um piquenique ou churrasco. Na estrada, procure as vans que vendem itens de hortifruti – elas oferecem milho fresco, pêssegos, nectarinas e morangos suculentos e deliciosos. A Bay of Plenty é o melhor lugar para encontrar abacates recém-colhidos do pomar, descendo um pouco mais, em Otago, você encontrará cerejas grandes, brilhantes e super saborosas. E depois de um dia ao sol, a melhor maneira de se refrescar é um sorvete “hokey pokey” (sorvete de baunilha com pedaços de favos de mel caramelizados).

 

Central Otago Pinot Noir Celebration (janeiro)

Vista de Queenstown, que sedia o evento
©Sandra Bohme/Lonely Planet 

 

Queenstown é o palco do pinot noir prime do país. Seu solo xistoso forma o terreno perfeito para a produção de uma uva superior em meio a paisagens inspiradoras. (pinotcelebration.co.nz)

 

New Zealand National Cherry Spitting Championships (janeiro)

Localizada no Otago Central, Cromwell é a fruteira da Nova Zelândia e, no dia desse campeonato inusitado, não há lugar para os bons modos. Então, se você acha que pode cuspir um caroço de cereja a mais de 11 metros, essa é sua chance. (cromwell.org.nz)

 

Kawhia Moana, Kawhia Kai, Kawhia Tangata Festival (fevereiro)

A pequena cidade de Kawhia, localizada na Ilha Norte, acolhe a todos para celebrar a gastronomia e a cultura Maori. Lá, você tem a oportunidade de experimentar os tradicionais hangi (alimentos cozidos em um poço aquecido por pedras quentes). Depois, encante-se com o artesanato Maori, como tecelagem de linho ou esculturas em madeira, e com grupos kapa haka, que fazem apresentações de música e dança tradicionais. (facebook.com/kawhiakai)

 

Ocean & Orchard Food & Wine Festival (fevereiro)

Tudo nesse festival é simplesmente fabuloso: a comida, o vinho, a música... E você ainda tem uma ideia de como é o melhor dia de folga de Kerikeri. (oceanandorchardfestival.co.nz)

 

Marlborough Wine & Food Festival (fevereiro)

Prepare-se para se impressionar com as translúcidas sauvignon blanc pelas quais Marlborough é famosa ao redor do mundo. Realizado entre as vinhas das videiras mais antigas da região, esse festival é um dos queridinhos no calendário gastronômico neozelandês. (wine-marlborough-festival.co.nz)

 

Outono (março, abril, maio)

É tempo de colheita nos vinhedos e pomares. E nos quintais de todo o país, os pés de feijoa estão carregados. Mais ou menos do tamanho de um ovo, essas frutas têm o sabor geralmente descrito como uma mistura de abacaxi, morango e goiaba (por isso também são conhecidas como goiaba-serrana ou goiaba-ananás). Mais ao sul, em Bluff, na parte inferior da Ilha Sul, a época é de comer ostras.

 

Hokitika Wildfoods Festival (março)

Perfeito para um comilão intrépido, esse festival em Hokitika oferece culinária exótica: besouros, ostras da montanha e o famoso garanhão. Vá em frente e experimente um besouro huhu coberto de chocolate – você sabe que está louco para provar! (wildfoods.co.nz)

 

Great Kiwi Beer Festival (março)

Saúde! Christchurch hospeda o mais badalado festival de lúpulo da Nova Zelândia, onde você poderá conhecer a vibrante cena contemporânea das cervejas artesanais. Delicie-se com acompanhamentos que combinam com as cervejas e com músicas animadas. (greatkiwibeerfestival.co.nz)

 

Waiheke Vintage Festival (abril)

A Waiheke Island é um paraíso neozelandês
©Troy Wegman/Shutterstock 

 

A um passeio de balsa de Auckland, a bela Waiheke Island atrai fãs dos vinhos e da culinária para dois fins de semana repletos de comida, vinho e música nas diversas vinícolas-boutique da ilha. (waihekevintagefestival.co.nz)

 

Bluff Oyster Festival (maio)

As ostras de Bluff crescem lentamente nas águas frias e cristalinas do Estreito de Foveaux até tornarem-se as enormes delícias salgadas que encantam os turistas. Se estiver cansado de ostras, há uma grande variedade de outros frutos do mar e especialidades locais, incluindo pássaro-carneiro e as famosas cervejas do sul. (bluffoysterfest.co.nz)

 

Inverno (junho, julho, agosto)

No inverno, Wellington seduz os visitantes com vários festivais. E, enquanto você estiver por lá, por que não conferir a cena do café da cidade dos ventos e se deliciar com o café gelado gotejado, coado ou feito na cafeteira sifão? Se estiver esperando a temporada de esqui, esse é um ótimo momento para conferir as cervejas de malte típicas do inverno nas boutiques de cerveja em um festival local, ou ir a um pub, pedir uma cerveja e torcer pelo All Blacks.

 

SOBA Winter Ale Festival (junho)

Wellington abre as torneiras dos mestres da fermentação nesse grande festival de cervejas, que acontece durante o inverno. (soba.org.nz)

 

Cadbury Chocolate Carnival (julho)

Há duas coisas que você talvez desconheça sobre Dunedin: sua fábrica de Jaffas (bolinhas de chocolate com cobertura doce e vermelha) e a rua mais inclinada do mundo. O carnaval de uma semana culmina com 30 mil Jaffas gigantes arremessadas pela Baldwin Street. Uma delícia! (cadbury.co.nz)

 

Wellington on a Plate (agosto)

Duas semanas de eventos extraordinários, performances, caminhadas, passeios e cardápios criados especialmente para o festival em Wellington. (wellingtononaplate.com)

 

Beervana (agosto)

Mais uma vez, Wellington faz você liberar seu lado “sommelier de cervejas” no maior festival de cerveja artesanal da Nova Zelândia. (beervana.co.nz)

Este artigo foi publicado em Setembro de 2015 e foi atualizado em Setembro de 2015.

Pacífico