Montserrat

Montserrat

Por que ir?

Há vinte anos, Montserrat se vendia como um lugar que representava “o jeito que o Caribe costumava ser”. Mal sabiam eles que em poucos anos o slogan seria horrivelmente irônico, já que se poderia pensar que estavam se referindo à era paleozoica. Uma série de erupções vulcânicas que começou em 1995 devastou a parte baixa da ilha, transformando Plymouth, capital, em uma terra destruída, coberta de fuligem.


Atualmente, a maioria dos turistas chegam para passeios relacionados ao vulcão. Dirigindo pela costa, vislumbra-se a vida tropical da ilha e um panorama da destruição de cair o queixo.


Aqueles que pernoitam no lugar podem conhecer um lado do Caribe sem multidões, cassinos e cruzeiros de barco. Também têm a chance de testemunhar o renascimento da ilha. Centenas de casas salpicam na parte norte de Montserrat, que não foi afetada, enquanto uma nova capital se delineia no entorno da Little Bay.

Última atualização: 10 de Setembro de 2014