Miami

Todas em Miami

‹ Anterior

de 2

  1. Adrienne Arsht Center for the Performing Arts

    O maior centro de artes cênicas na Flórida (e o segundo maior, em área, dos eua ) é o queridinho de Miami. Também é um grande componente na revitalização do espaço urbano de Downtown. Projetado por Cesar Pelli (criador das Petronas Towers em Kuala Lumpur), o centro tem dois pavilhões principais: o Ziff Ballet Opera House e o Knight Concert Hall, que tomam os dois lados do Biscayne Blvd. Os dois prédios estão conectados por uma passarela elegante e fina, e dentro dos teatros foi criada uma sensação do oceano e da terra esculpida pelo vento; os balcões arredondados se erguem em espirais que lembram uma concha aberta. Se tiver a chance, assista a um show (veja p. 110); o interior do Adrienne é o ponto alto de qualquer viagem a Miami.

  2. Art Deco Welcome Center

    Conta as histórias por trás dos edifícios art déco em South Beach, com um guia da Miami Design Preservation League ou um audioguia bem apresentado e mapa de caminhadas autoguiadas (prefira os guias). As visitas duram 90 minutos.

  3. Boardwalk

    Qual é a moda praia desta estação? Casacos de gabardine poloneses do século 17, aparentemente. Há muitas pessoas bonitas com pouquíssima roupa no calçadão de Mid-Beach, mas também há judeus ortodoxos cuidando da própria vida no meio de gays correndo, turistas passeando e gente tomando sol. Nas redondezas, há muitos prédios residenciais ocupados por latinos e judeus de classe média, que passeiam com seus cachorros e brincam com seus filhos pela região, dando ao local um clima descontraído e verdadeiro que contrasta com o glamour eterno de South Beach.

  4. Cavalier Hotel

    O exterior é um raro exemplo na Ocean Dr de inspiração maia/inca que agraciaram algumas fachadas déco (procure detalhes mesoamericanos como o padrão de degraus na lateral do prédio). O interior? O Cavalier sacrifica o ultramoderno pela acolhedora casualidade da Velha Flórida. Adoramos os toques em tons terrosos nos quartos, como tecidos batique marrom e bege.

  5. Celestial Treasures

    Voltada para necessidades espirituais e metafísicas, esse lugar vende roupas, livros, cartões e outros itens para os interessados em zen, cabala, wicca, ioga, budismo e hinduísmo. Também possui parapsicólogos de plantão.

  6. Colony Theatre

    O Colony é uma joia absoluta da art déco, com uma marquise clássica e ameias estilo inca, e parece o tipo de lugar onde gângsteres iriam para assistir Hamlet. Construído em 1935, costumava ser o principal cinema ao norte de South Beach antes de ser abandonado no meio do século 20. Foi reformado e reinaugurado em 1976 e agora possui 465 lugares e ótima acústica. Esse tesouro serve agora como um local ótimo para artes cênicas – de comédia e musicais a dramas,
    produções off-Broadway e balé – assim como exibições de filmes e pequenos festivais de cinema.

  7. Divers Paradise

    Em Key Biscayne, uma das empresas mais confiáveis da área.

  8. Dream South Beach

    Como descrever o Dream? De fora, parece um cubo de gelo com linhas brancas, mas, ao entrar, você chega a um ambiente com referências que vão de palácios indianos aos hotéis de gelo famosos da Europa, com muito néon azul elétrico – a forma final lembra um palácio ártico brilhante onírico. O bar na cobertura é um lugar perfeito para relaxar e fingir que é um magnata do cinema, antes de voltar a seu quarto e fingir que é um marajá futurista.

  9. Florida Room at the Delano

    Os pôsteres do Snoop Dogg alinhados na entrada do Florida Room dão uma ideia da atmosfera do local. Esse é um dos clubes mais exclusivos – além disso, há um popular lounge piano-samba para gente da cena local que evita as armadilhas para turistas das megabaladas na praia. Apareça antes das 23h ou entre na lista para tentar entrar (ou seja Lenny Kravitz – que participou do projeto do clube).

  10. Hotel St Michel

    O Michel é mais metrópole do que Miami, e isso é um elogio de nossa parte. As instalações antigas de madeira, o estilo refinado e sala de jantar formal não atrapalham o serviço amigável. O adorável restaurante e o bar descolado são tão elegantes quanto o hotel em que estão instalados.

  11. Island Queen

    Passeios de barco pelo Millionaire’s Row, pelo Miami River e Stiltsville, entre outros locais.

  12. La Perrada de Edgar

    No passado, a mais famosa exportação colombiana para Miami era a cocaína. Mas é sério, o que eles colocam em seus excêntricos cachorros-quentes foi criado por algum Dr. Evil do mundo das salsichas? Não acredita? Experimente um especial, com ameixas, abacaxi e creme. Que tal camarões e tiras de batata? Aparentemente, esses são cachorros-quentes
    normais na Colômbia. A limonada caseira também é deliciosa.

  13. Little-Havana-To-Go

    Essa é a loja oficial de Little Havana para suvenires e tem alguns dos itens mais legais, de camisetas do orgulho cubano
    a pôsteres, bandeiras, quadros, livros de fotos, charuteiras e roupas autênticas.

  14. Lucky Strike

    Saindo da Lincoln Rd, essa é a resposta de Miami Beach ao boliche de qualidade, ao som de house e hip-hop, com coquetéis deliciosos e gente bonita.

  15. Miami Art Museum

    Localizado dentro do Miami-Dade Cultural Center, esse museu funciona em um espetacular prédio do arquiteto Philip Johnson. Sem uma coleção permanente, suas ótimas exposições sazonais se concentram na arte internacional do pós-Guerra. O mam receberá uma nova localização de frente para o mar no Bicentennial Park em 2013; verifique o site para detalhes sobre o novo prédio. O museu abre tarde (das 12h às 21h) na terceira quinta-feira do mês.