Languedoc-Roussillon

Por que ir?

O Languedoc-Roussillon é, na verdade, três regiões em uma. Fazendo fronteira a leste com a ensolarada Provença
e a oeste com os Pireneus, é uma área de importância estratégica desde o tempo dos romanos e está recheada de
lembranças do passado, de aquedutos galo-romanos a solitárias fortalezas cátaras. A região também ostenta cultura,
culinária, festas e línguas próprias, o que lhe dá ares de um quase país em miniatura. Cada uma das três regiões tem sabor diferente. O Bas-Languedoc (Baixo Languedoc), terra de touradas, rúgbi e tintos robustos, abriga cidades importantes como Montpellier, Nîmes e Carcassonne, que parece saída de um conto de fadas. Ao norte fica o Haut-Languedoc (Alto Languedoc),região de colinas, cavernas, vales e desfiladeiros selvagens, ideal para atividades ao ar livre. No extremo sudoeste fica Roussillon, que de muitas formas tem mais em comum com a Catalunha que com o resto da França.

Última atualização: 04 de Dezembro de 2014