Japão

Atividades em Japão

‹ Anterior

de 1

Próxima ›
  1. Fuji Sengen-jinja

    Uma preliminar obrigatória para a subida ao Monte Fuji é a visita a esse templo arborizado, construído em 1615, mas que, acredita-se, ocupa o local de um santuário que data de 788. Vale a pena visitar esse cedro de mil anos, seu portão principal, que é reconstruído a cada 60 anos (um pouco maior a cada vez); e seus dois mikoshi (santuários portáteis) de 1t, utilizados no festival anual Yoshida no Himatsuri (Festival do Fogo de Yoshida). Fica a 15 minutos de caminhada da estação Fujisan, ou então, é possível ir de ônibus até Sengen-jinja-mae (¥150, 5 minutos).

  2. Monte Omuro

    Ande na cadeira do teleférico por 4 minutos até o cume do Monte Omuro, cratera em forma de tigela de arroz e coberta de pastagens de um vulcão dormente, onde dá para admirar a vista costeira do Monte Fuji. Há uma caminhada de 1km ao redor do cume e, o mais bizarro, com um centro de arco e flecha no meio. Pegue o ônibus para Shaboten Kōen e Omuroyama na estação Itō (¥690, 40 minutos).

  3. Yanessun

    A melhor descrição seria um parque de diversões de onsen, pois lá dá para mergulhar em banheiras com tudo, de chá-verde e saquê a vinho tinto e café. Os banhos são mistos, portanto, é melhor levar roupa de banho. Os ônibus que vão de Gōra ou Hakone-Yumoto (via Chōkoku-no-Mori ou Miyanoshita, respectivamente) para
    Hakone-machi param em Yunessun.