Israel e Territórios Palestinos

Apresentando Israel e Territórios Palestinos

Localizado na intersecção entre Ásia, Europa e África, tanto em termos geográficos como culturais, Israel e os Territórios Palestinos têm sido um ponto de encontro de culturas, impérios e religiões desde o início da história. De Moisés a Mark Twain: todos já sonharam colocar os pés sobre a terra santa. O estoque de profetas anda baixo e há muito que os cruzados aposentaram suas espadas e escudos, mas os turistas ainda vêm em multidões, atraídos como um ímã a essa terra considerada sagrada para milhões de pessoas.

O apelo do passado sagrado e milenar de Israel pode ser razão mais do que óbvia para toda essa atenção, mas muitos ficam surpresos ao descobrir que essa região é muito mais do que uma aula de história. Enquanto Jerusalém é uma amálgama entre passado e presente, e um foco de tensão de religiões monoteístas, o país é um verdadeiro pot-pourri geográfico com o Monte Masada, o deserto do Negev e as praias de Eilat. Por isso, em um final de semana é possível surfar, esquiar, saborear um bom vinho, fazer equitação, aproveitar a vida noturna de Tel-Aviv e assistir a uma peça de teatro experimental. E isso é só o começo. Você ainda pode trabalhar em um kibbutz, fazer voluntariado em uma escola na Cisjordânia, flutuar no salgadíssimo Mar Morto, fazer uma trilha pela Israel National Trail e por aí vai...

Assim como a Torre de Babel que é o setor de chegadas do aeroporto Ben-Gurion, Israel é uma amálgama de pessoas que chegaram aqui ao longo dos séculos, cada uma delas reivindicando posse sobre o seu pedaço de terra. As disputas territoriais conduziram à violência, que acabou tomando proporções épicas, o que não é muito diferente do cenário que vemos nos noticiários hoje em dia. Mas ao contrário do que se pensa, Israel não é uma zona de guerra que deve ser evitada. O país possui uma segurança extremamente rígida, que torna a sua visita muito segura. 

Em algum ponto da sua viagem nessa terra de incertezas, a política e os fatos amargos da vida irão cruzar o seu caminho. Apesar de israelenses e palestinos adorarem discutir, evite assuntos polêmicos e tente manter-se neutro e guardar as suas opiniões para si. Entre na Terra Prometida sem preconceitos e nunca mais verá os noticiários da mesma forma. 

Última atualização: 14 de Outubro de 2014