Irlanda

Conheça a Irlanda

Um pequeno país com uma grande reputação, com a qual contribui uma paisagem melhorada pelo tempo e ainda assim atemporal e um povo fascinante e simpático, cuja natureza lírica fica clara no modo caloroso com o qual recebe as pessoas. 

Por que eu amo a Irlanda

Há uma informalidade objetiva na Irlanda que eu adoro, baseada na pressuposição de que a vida é uma luta constante e confusa que todos nós – independentemente do lugar que viemos e de nossas crenças políticas e religiosas – temos que suportar, fazendo o melhor uso possível das nossas habilidades. Estamos todos juntos nisso, seja o tempo de sofrimento ou bonança, então podemos ao menos ser civis e compartilhar momentos quando possível.

A Irlanda de cartão-postal

Sim, ela existe. Ao longo das penínsulas do sudoeste, da solidão assoladora de Connemara e da dramática vastidão de County Donegal. Você também a encontra na região dos lagos de County Leitrim e County Roscommon, e nas colinas do ensolarado sudeste (“ensolarado” aqui é um conceito relativo).

A Irlanda está completamente modernizada, mas algumas coisas nunca mudam. Enfrente o Atlântico em uma travessia à Skellig Michael ou passe uma noite de verão no jardim de um pub estilo chalé e você verá a Irlanda que pouco mudou em gerações, e que é provavelmente a que você veio ver.

Tá Fáilte Romhat

(Tau fól-tcha rou-ét) – “Seja muito bem-vindo”. Ou, a mais famosa “céad míle fáilte” – cem mil boas-vindas. 

A simpatia irlandesa é um superclichê, uma simplificação de um caráter que é infinitamente complexo, mas não há como negar que os irlandeses são receptivos e hospitaleiros, ainda que um pouco reservados no primeiro contato. Aonde você os encontrar – seja em uma loja, em um bar, na fila do banco – há grandes chances de uma conversa ser iniciada, gentilezas trocadas e , se você for estrangeiro, uma bela oferta de ajuda. Mas, para você não pensar que esse é um ato de puro altruísmo, fique tranquilo; o conforto que eles procuram é na verdade para si, porque os irlandeses não conseguem ficar descansados se os em sua companhia não o estiverem. 

Cem mil boas-vindas. Pode parecer excessivo, mas na Irlanda, o excesso é sempre incentivado, contanto que praticado com moderação.

Tenha cuidado…

…porque você está andando em História pura. A trajetória do local está em todo lugar: dos monumentos pré-históricos irlandeses de tirar o fôlego  em Brú, Bóinne, às fabulosas ruínas do rico passado monástico da Irlanda em Glendalough e Clonmacnoise. A História não tão recente (mas recente) pode ser vista do museu do Titanic em Cobh ao Kilmainham Gaol, em Dublin. E há a parte da História tão recente que é considerada presente, melhor aproveitado em um tour de táxi do oeste de Belfast ou uma análise dos murais políticos incrivelmente coloridos de Derry.

Um poço de cultura

Durante suas viagens, você ficará maravilhado com a grande oferta de eventos culturais – uma peça de um grande nome de Dublin, uma apresentação intimista de música tradicional em um pub no oeste da Irlanda ou um show de rock em Limerick. O verão irlandês é cheio de festivais, que celebram desde o desabrochar das flores até alta literatura.


 

 

 

 

Última atualização: 04 de Fevereiro de 2015

Dicas e artigos

  1. Trinity College

    Como aproveitar ao máximo uma viagem curta para a Irlanda

    05 de Março de 2015

    Cidades vibrantes, monumentos de outro mundo, castelos antiquíssimos, praias extensas ladeadas por...

    Leia mais

Veja todas as dicas & artigos para Irlanda