Dicas e artigos

Conheça as cidades-sede da Copa do Mundo 2014: São Paulo

São Paulo à noite: agito 24/7

Kevin Raub

Prepare-se para a febre mundial do futebol. Em junho e julho deste ano, 12 cidades brasileiras receberão jogos da 20ª Copa do Mundo da FIFA. Nesta série de matérias, sugerimos as atrações imperdíveis, os melhores lugares para comer, beber e dormir – e, claro, onde ver os jogos. Esta matéria cobre a capital paulista, São Paulo.Não perca as nossas dicas quentes para outras cidades-sede no próprio sudeste, no sul, nordeste, norte e no interior do Brasil.

São Paulo

São Paulo é uma cidade de superlativos: trata-se da maior cidade do Brasil e o coração pulsante de sua economia, gastronomia, cultura, vida noturna e de tudo mais (exceto o turismo). Essa monstruosa megalópole de 22 milhões de pessoas não é uma selva de concreto intimidadora, aberta 24 horas por dia/sete dias por semana, e é justamente esse o seu atrativo: para urbanoides, há de tudo ali, em luzes coloridas, com uma batida de ritmo nacional. Deixe-se levar.

O que ver: Vá para o Centro, onde lindas joias arquitetônicas esperam o visitante nos museus e em atrações como o Mercado Municipal, o Theatro Municipal, a Pinacoteca do Estado, o Edifício Martinelli e o Mosteiro São Bento. Mergulhe na cultura da Liberdade, o bairro japonês de São Paulo, e na vida noturna da Vila Madalena e do Baixo Augusta. E não se esqueça do fantástico Museu do Futebol – afinal, você veio para a Copa.

Onde ficar: O bairro boêmio da Vila Madalena e a área ao redor da Av. Paulista concentram as melhores opções econômicas (o LimeTime é um dos preferidos), embora os melhores albergues da cidade sejam o WE Hostel Design, na Vila Mariana, e o Guest 607, em Pinheiros. Para um oásis de preço razoável no bairro mais nobre da cidade, vá direto para a Pousada Dona Ziláh nos Jardins. Para um cenário luxuoso, aposte no Hotel Emiliano, que mistura o chique ao descolado de maneira louvável.

Onde comer: Impossível de se responder. Mesmo. Há 12.500 restaurantes na cidade! Mas, para começar: a pizza da Bráz Pizzaria (www.casabraz.com.br); as coxinhas e as caipirinhas do Bar Veloso; o homus e o fatte da Tenda do Nilo (www.tendadonilo.com.br); o sushi noKan (www.restaurantekan.com.br); culinária brasileira no Brasil a Gosto ou no Tordesilhas; gastronomia de primeira no Maní ou D.O.M. (cá entre nós, o Maní é melhor e mais barato); culinária típica do nordeste no Mocotó; feijoada no Feijoada da Lana; sanduíches de pernil no Estadão; e o sorvete Bacio di Latte (www.baciodilatte.com.br). Já está satisfeito?

Onde beber: O São Cristóvão, na Vila Madalena, é um sonho para apaixonados por futebol, com ótimas bebidas e comida de boteco deliciosa. Pubs como o All Black e o O'Malley's (no Jardim Paulista; www.omalleysbar.net), o Blue Pub (na Bela Vista; www.thebluepub.com.br) e o Queen’s Head (em Pinheiros; www.queenshead.com.br) são também boas opções para ver as partidas.

Onde ver a Copa: A nova Arena de São Paulo fica no fim da linha vermelha do metrô, a 20 km do centro da cidade. O “Itaquerão” possui 48 mil lugares (65 mil durante a Copa), que serão ocupados pelo Esporte Clube Corinthians depois da Copa. 

Kevin Raub mora em São Paulo e é co-autor do guia Lonely Planet: Brasil.. Para segui-lo no Twitter: @RaubontheRoad.

Este artigo foi publicado em Março de 2014 e foi atualizado em Novembro de 2014.