Dicas e artigos

Airbnb atualiza política de cancelamento devido à Covid-19

Paulie Doyle

O Airbnb implementou mudanças em sua política de cancelamento em resposta à crescente crise da Covid-19, que culminou com a declaração oficial de pandemia global pela Organização Mundial da Saúde (OMS) na última quarta-feira (11). Seguem informações importantes para quem deseja cancelar sua viagem.

 

Viajantes do mundo todo estão cancelando reservas mediante o aumento da crise © Guerilla Images/500px

A gigante do aluguel de estadias por temporada, que atualmente oferece mais de cinco milhões de acomodações em quase 200 países, afirma estar comprometida com os anfitriões dispostos a reembolsar os hóspedas que cancelaram suas reservas. “Quando uma crise como a do novo coronavírus acontece, sabemos que tanto anfitriões como hóspedes são afetados”, a companhia declara em seu site. “Os anfitriões perdem rendimentos que precisam para arcar com seus gastos. Os hóspedes, por sua vez, estão perdendo o dinheiro que juntaram com esforço para as férias”.

Hoje, anfitriões e hóspedes pagam uma taxa compartilhada de 3% pelo processamento das reservas; e as novas medidas incluem abrir mão disso para anfitriões “flexíveis” que “oferecem reembolsos por cancelamentos que normalmente seriam cobrados”, além de uma oferta de vouchers para clientes que desejem cancelar a reserva antes do dia 1º de junho, mas que não deverão ser reembolsados pela taxa de serviço. O Airbnb também anunciou que reverá suas políticas de cancelamento em causas de força maior.

A política atualizada fornecerá reembolso integral para pessoas viajando para ou de áreas “fortemente afetadas”, assim como para seus anfitriões. Até agora, China continental, Itália e Coreia do Sul estão incluídas nessa lista.

Alguns clientes, contudo, declaram que tais ações não são o bastante. Enquanto o Airbnb está levando em consideração a situação das regiões oficialmente decretadas como de risco, grandes eventos, como o SXSW, em Austin, deixou vários clientes insatisfeitos com o cancelamento, que reclamaram nas redes sociais por terem ficado no prejuízo.

O mercado mundial de estadias por temporada prevê enormes perdas financeiras devido ao adiamento de conferências e outros eventos ao redor do mundo. Mais informações sobre a política de causas de força maior do Airbnb podem ser encontradas aqui, enquanto detalhes sobre a política atualizada de reservas podem ser achados aqui.

 

Este artigo foi publicado em Março de 2020 e foi atualizado em Março de 2020.