Dicas e artigos

Um guia introdutório a comida de Ho Chi Minh

James Pham

Sendo a cidade mais populosa do Vietnam, cheia de universidades, negócios e conveniências do mundo moderno, Ho Chi Minh atrai pessoas de todo o país, muitas trazendo consigo suas comidas preferidas. Isso, junto com a vibe frenética e incansável da cidade, quer dizer que há sempre uma ampla escolha de comida de rua excelente e barata para você.

Muitas das barraquinhas de comida de HCM tendem a vender apenas um prato e os cozinheiros mudaram e aperfeiçoaram a receita para criar um fast-food tremendamente saboroso. Pegue um banquinho de plástico e palitinhos e mergulhe nesse guia das comidas de rua mais populares de Saigon.


Bánh cuốn, um saboroso prato de rua que você pode experimentar em HCM © James Pham / Lonely Planet

Bánh Cuốn (Rolinhos de arroz no vapor)

Normalmente comidos no café da manhã, esses rolinhos de arroz recheados com porco desfiado e cogumelos são incrivelmente leves e macios e normalmente são feitos na hora. A fina massa de arroz é cozida no vapor, sendo estendida por cima de uma peça de tecido e então delicadamente dobrada em volta do recheio. O prato é então servido com uma porção de brotos de feijão, ervas frescas e frios vietnamitas (incluindo um presunto no vapor e fatias de presunto em conserva), tudo isso finalizado com crocantes cebolinhas fritas. Acrescente o molho agridoce de peixe para um ótimo café da manhã ou lanche. Todo bairro costuma ter sua barraquinha de bánh cuốn; procure por uma vitrine de vidro perto de uma panela de vapor.  

Phở (Sopa vietnamita com macarrão)

A chave do prato mais famoso do Vietnã é um caldo denso e aromático feito de ossos de vaca ou frango que foram cozidos durante horas temperado com anis estrelando, casca de canela, cebolas grelhadas e gengibre. Escolha entre carne e frango e ao estilo de Saigon (mais doce) ou Hanoi (mais leve). O phở de carne normalmente inclui carne crua fatiada que cozinha quando entra em contato com o caldo fervente, carne de peito cozida, almôndegas, tripa, fraldinha, gordura do peito e tendão. Se você não é tão aventureiro assim, o “tái chín”, com pedaços crus e bife e peito bem passado, é uma boa combinação. Pegue as folhas de algumas ervas frescas (em geral manjericão, folha de arroz e coentro  sawtooth) e as acrescente ao caldo para que soltem seus sabores aromáticos. O Rice Field na 75 đ Ho Tung Mau (aberto só de manhã) serve phở de carne ou frango sob a sombra do prédio mais alto de Saigon.


Observe as cenas urbanas de HCM enquanto se delicia com um cơm tấm © James Pham / Lonely Planet

Cơm Tấm (Arroz quebrado)

Originário do sul do Vietnã, esse é um prato camponês, e o nome cơm tấm se refere ao uso dos grãos de arroz quebrados e impróprios para a venda, que os fazendeiros guardavam para si. Coberto por pele de porco desfiada (outro produto barato em geral dispensado) e olho de cebolinha, esse prato eventualmente chegou na cidade grande onde pessoas com mais dinheiro acrescentaram costeletas de porco, ovos fritos e um tipo de quiche (feito com ovo, carne de porco moída, cogumelo e macarrão). Cenouras em conserva e rabanete acrescentam acidez e crocância ao prato, e tudo é coberto por um molho grosso feito de molho de peixe, alho picado, pimento, açúcar e limão. Dizem que os grãos de arroz menores se recobrem melhor com o molho e dão uma força extra ao prato. Siga a trilha de fumaça cheirosa até o Binh Thanh, na 83 đ Van Kiep, para um prato completo. Mas guarde lugar, já que essa rua é famosa por sua grande quantidade de barraquinhas de comida.

Hủ Tiếu Nam Vang (Sopa com macarrão ao estilo de Phnom Penh)

Diz-se que essa sopa, feita com um denso caldo de porco, é originária de Phnom Penh, Camboja, e com frequência vem com um monte de acompanhamentos, como carne de porco desfiada, porco fatiado, ovos de codorna, camarão, miúdos e às vezes wontons. Um prato de ervas frescas costuma acompanhar a sopa, incluindo cebolinha e o levemente amargo salsão chinês. Acrescente um pouco de molho sate ou alho em conserva. Você pode escolher o caldo a parte (“khô”), versão em que molho shoyo é às vezes acrescentado ao macarrão seco para deixá-lo mais saboroso. Prove no Hu Tieu Thanh Xuan na 62 đ Ton That Thiep, que serve esse saboroso macarrão há quatro gerações.


Experimente salada de papaia sentado na calçada © James Pham / Lonely Planet

Gỏi Đu Đủ (Salada de papaia verde)

Os vietnamitas não gostam muito de saladas ao estilo ocidental, com vegetais crus misturados. O prato que chega mais perto disso é o “gỏi đu đủ”, uma mistura de papaia verde coberto por alguma proteína (carne seca, porco ou camarão), ervas frescas e torradinhas crocantes de camarão, tudo isso servido com um molho a base de peixe e resultando em um lance leve e saudável. Experimente um durante a tarde na esquina sudoeste do Parque Le Van Tam (esquina da đ Vo Thi Sau e da đ Hai Ba Trung) Onde uma família vem fazendo essa salada há mais de 40 anos. Sente-se na calçada e alguém irá te trazer um prato do carrinho do outro lado da rua, onde a salada é montada.

Bột Chiên (Massa frita)

Massa frita é boa em qualquer língua (como donuts, churros e zeppoles), e a versão salgada do Vietnã (importada da China) não é diferente. Procure um carrinho com uma enorme grelha plana na qual você pode ver cubos de arroz e farinha de tapioca sendo fritos em um fogo super alto até estarem crocantes. Um ovo batido é acrescentado para juntar tudo e um punhado de cebolinhas picadas é posto por cima. Crocante por fora, macio por dentro, a mistura é colocada por cima de uma cama de papaia verde e coberta com molho à base de soja. Você pode justificar as calorias pensando que é uma salada com croutons. Experimente no at Bot Chien Dat Thanh na 277 đ Vo Van Tan.


O Ché pode incluir vários ingredientes diferentes – qual o seu favorito? © James Pham / Lonely Planet

Chè (Sweet Soup)

É difícil definer o“chè” , com frequência traduzido como uma bebida doce, uma sopa de sobremesa ou um mingau. Para aumentar a confusão, a mesma palavra é usada pelos vietnamitas do norte para “chá”. Basicamente, porém, o chè é uma sobremesa cozida e cheia de calda que as vezes incorpora frutas, mas normalmente possui ingredientes que normalmente não são associados a doces, como feijões, milho, mandioca e batata. A enorme variedade de chè é perturbadora e as versões mais populares vem com bananas, longans (fruta típica do sudeste asiático) secas ou bolinhos de farinha de arroz recheados com feijão mungu doce, tudo isso coberto por um grosso leite de coco. Vá até o Chè Mâm Khánh Vy na 242B đ Su Van Hanh para a bandeja especial de 16 tipos de “chè” por menos de US$4.

Um caldeirão de três regiões diferentes do Vietnã, HCM é com certeza uma das cidades com a melhor comida de rua do mundo e onde você pode literalmente comer algo diferente em cada refeição por meses sem nunca repetir um prato. Com a maioria das refeições na rua custando menos de US$1, explorar a cena culinária da cidade é definitivamente o destaque de qualquer visita.

Este artigo foi publicado em Março de 2019 e foi atualizado em Março de 2019.