Dicas e artigos

11 lugares que trazem a magia dos filmes infantis à vida

Christine Knight

Assistir filmes em família pode ser uma forma de viajar sem sair do lugar. Destinos como a China, a Noruega e a Austrália de repente parecem próximos e as jovens mentes começam a sonhar com subir a Torre Eiffel, nadar com tartarugas marinhas ou se aproximar de pandas gigantes.

Precisa de algo para sua lista de filmes – ou sua lista de viagens? Nós achamos os cenários reais de 11 filmes animados que inspirarão a vontade de sair por aí em toda sua família.


Seus pequenos adoram a água, como Moana? Leve-os para o Pacífico Sul © David Kirkland / Getty

Encontre Moana em Motonui

Vá ao Pacífico Sul para visitar a região retratada em Moana, a história de uma garota que busca encontrar seu caminho e deixar a família orgulhosa. Os diretores do filme visitaram diversas ilhas, incluindo Fiji, Samoa, Taiti, Bora Bora e Nova Zelândia para criar a ilha e o povo de Motonui.

As águas transparentes do atol de Tetiaroa, com sua lagoa fechada, foi provavelmente a inspiração para Motonui, enquanto o Monte Otemanu, em Bora Bora, também lembra a ilha ficcional. Para experimentar a hospitalidade do Pacífico Sul, visite as familiares Fiji ou Aulani, o resort da Disney na ilha havaiana de Oahu, onde a própria Moana recebe os hóspedes com histórias e atividades manuais.


Dê as crianças a oportunidade única de uma Aventura na Antártica © David Merron Photography / Getty

Sapateado na Antártica

Siga os passos de Mano, o jovem pinguim-imperador que parte em busca do amor pelas geladas paisagens da Antártica. O filme Happy Feet, O Pinguim, tem uma forte mensagem ambiental sobre a importância de preservar a Antártica e os animais que a chamam de lar.

Dance pela Passagem de Drake em uma viagem inesquecível e chegue perto de pinguins imperadores e adélie que inspiraram o protagonista dançarino e seus amigos aventureiros. Embora a equipe tenha visitado a Ilha de Ross, Porto Lockroy e a Ilha de Petermann para pesquisa, nós achamos que qualquer lugar que você visitar na Antártica será uma aventura magnífica.


Corra livre pelo Central Park de Nova York © Granger Wootz / Getty

Conheça bichos sabidos nas ruas da Grande Maçã

Max é um terrier mimado que vive em Nova York e cuja dona adota um vira-lata bagunceiro chamado Duke em A Vida Secreta dos Bichos. Viva a cidade do ponto de vista de Max ao atravessar a pé a Ponte do Brooklyn, dar uma volta no Jane’s Carousel no Parque Brooklyn Bridge e pule na fonte do Washington Square Park.

Uma visita a Nova York nunca está completa sem perambular pelos 340 hectares do Central Park, com seus jardins, caminhos sinuosos, estátuas e lagos – sem falar nos 21 playgrounds. Ache a estátua de Alice no País das Maravilhas, comande barquinhos de controle remoto e cante o mais forte que puder embaixo do Bethesda Terrace. Esse playground de cachorros também é o paraíso das crianças!


Você está observando a vida selvagem, ou eles estão te observando? © Gennaro Leonardi / Getty

Se remexa muito em Madagascar

Siga as pegadas de Alex, o leão, Marty, a zebra, Melman, a girafa e Gloria, o hipopótamo em uma aventura africana. Madagascar pega as principais atrações do Central Zoo de Nova York e as transplanta para a ilha de Madagascar, na costa leste da África.

Sendo 80% da flora e fauna de Madagascar endêmicos, há montes de espécies peculiares para as crianças descobrirem, incluindo as 100 espécies de lêmures nas quais o Rei Julien foi baseado. O lêmure é um dos animais mais ameaçados do planeta, o que torna a visita a Lemur Island, onde os visitantes podem chegar perto de quarto espécies de lêmures que se habituaram a conviver com humanos, uma lição profunda sobre conservação.


Fãs de Procurando Nemo vão amar a Grande Barreira de Corais © Reinhard Dirscherl / Getty

Encontre o Nemo Lá Embaixo

Nade com as estrelas de Procurando Nemo na Grande Barreira de Corais da Austrália. Comece sua aventura nas ilhas Hamilton ou Lady Elliot, onde as crianças podem ver os personagens do desenho na vida real. Além do peixe palhaço, o Mar de Coral é lar de cavalos marinhos, narigudos peixes-borboleta, arraias pintadas, grandes tubarões brancos, baleias e águas-vivas. Você até encontrará as tartarugas marinhas nas quais Crush e Esguicho foram baseados.

Quando as crianças estiverem satisfeitas de água, viaje na direção sul para Sydney, onde Nemo foi capturado e mantido em um escritório de dentista. Caminhe pela Ponte da Baía de Sydney, veja um show na Ópera de Sydney e pegue uma balsa para explorar o magnífico Porto de Sydney.


Visite a inspiração por trás do enorme sucesso de Frozen e se divirta na neve! © Oyvind Tufto / Getty

Você quer brincar na neve?

Fãs de Frozen, venham para a Noruega. Comece em Oslo, com um tour da Fortaleza Akershus, o castelo de 500 anos que se parece com o lar de Anna e Elsa em Arendelle. Em seguida, visite o Norsk Folkemuseum para ver roupas de dança tradicionais como as usadas pelas personagens do filme, antes de seguir para o Balestrand, lar da Igreja de São Olaf. A igreja em si aparece na cena da coroação, mas também é xará do nosso boneco de neve favorito. Uma visita a Noruega não estaria completa sem procurar por trolls em Bergen ou ir para o norte em busca da aurora boreal, que parece exatamente como se Elsa estivesse fazendo mágica por aí.


O Jardim Botânico do Rio irá impressionar os pequenos observadores de pássaros © Yadid Levy / Robertharding / Getty

Abra as asas, cante e voe para o Rio

Voe para o Rio de Janeiro, cenário do maravilhosamente emplumado filme Rio. A história segue Blu, a arara que é raptada de seu lar na floresta e levada para o Minessota para viver com uma família humana. Acreditando ser o último de sua espécie, Blu voa de volta para a América da Sul na esperança de encontrar uma outra arara-azul.

Blu é baseada na ararinha-azul uma espécie criticamente ameaçada que acredita estar extinta na natureza. Então, embora você não vá encontrar Blu no Rio, famílias ainda podem observar algumas das 1800 espécies de pássaros brasileiros. Os aventureiros podem ir para a selva amazônica, mas os que tiverem crianças menores porem chegar perto de 140 espécies de pássaro, além de macacos e micos no Jardim Botânico do Rio de Janeiro.


Não tanto Kung Fu Panda, mas Mastiga Bambu Panda – mas ainda muito fofo  © OTHK / Getty

Dumplings e lámen e pandas, ah!

Pandas gigantes tornam fácil de vender uma viagem para a China, onde se passam os filmes do Kung Fu Panda. Visite a Base de Pesquisa de Reprodução do Panda Gigante de Chengdu para ver as bonitinhas criaturas que inspiraram Po, o panda preguiçoso que é inesperadamente escolhido para ser treinado em Kung Fu e realizar uma antiga profecia.  

Visite o Monte Qingcheng para encontrar as florestas de bamboo, córregos e paisagem abundante e verde que foi a inspiração para a Vila Panda (desculpa, sem pandas aqui). Experimente os sabores locais que aparecem no filme. Dandan noodles, tofu e hot pot são especialidades da região.


O Sena é bonito – os esgotos de Paris nem tanto © Museimage / Getty

Só diga ‘oui!’

Leve as crianças para um tour gastronômico de Paris seguindo os passos de Remy, o rato que deseja ser um chef no filme Ratatouille. Passe pelo La Tour d’Argent, a inspiração para o ficcional restaurante Gusteau’s, então caminhe pelo Sena onde verá marcos presentes no filme como a Petit Pont, a Pont au Charge e a Igreja Sainte-Chapelle.

Para um turismo um pouco mais diferente, visite o Musée des Egouts, o museu dedicado aos esgotos onde você pode aprender sobre os túneis subterrâneos onde vivem os ratos. Para uma experiência imersiva, visite a Disneyland Paris e jante no Bistrot Chez Remy. Tudo, dos talheres aos guarda-chuvinhas de coquetéis é grande demais para dar aos visitantes o ponto de vista de um rato enquanto comem, claro, ratatouille.


Tenha uma ótima visita a Londres ©P&Co.Ltd./SC2018 / Imagem cortesia do STUDIOCANAL

Uma cidade ursica para se visitar

É fácil achar traços do peruano urso Paddington por toda Londres. Sua história começa na Estação Paddington, onde a família Brown o descobre. Você encontrará uma estátua de bronze do educado ursinho pronto para uma foto, além de uma Paddington Shop, com outra estátua dele.

Muitas das principais atrações de Londres aparecem nos filmes de Paddington, incluindo o Lago Serpentine, a Catedral de St Paul, o Shard e o Palácio de Buckingham. Não esqueça de guardar alguns sanduíches de geleia embaixo do chapéu para te sustentar. Há aventuras inspiradas em Paddignton por toda Londres e elas podem ser encontradas na Pawprint Trail (pegue um folheto na Paddington Shop da Estação).


A vibrante cidade do México irá conquistar os pequenos © Belles artes Mexico City / Getty

Viva o dia dos mortos

Os animadores do filme Viva! Fizeram várias viagens ao México para construir seu filme sobre a importância da família e dos sonhos. A pitoresca e colonial  Santa Fe de la Laguna na região de Michoacán foi a inspiração para a cidade natal da família Rivera.

Para explorar uma paisagem de Terra dos Mortos, vá ao centro histórico da Cidade do México. Perambulando pelas colunas barrocas do espetacular Palácio de Correos de Mexico, inaugurado em 1907 como o correio central do país, é fácil ver como o lugar influenciou os animadores da Disney.

Este artigo foi publicado em Outubro de 2018 e foi atualizado em Outubro de 2018.