Dicas e artigos

Conheça o secreto (e incrível) condado de Taitung, em Taiwan

Taiwan

Na costa sudeste de Taiwan, Taitung, a atraente comarca em forma de caracol de Taiwan é um maravilhoso segredo. Taitung foge das multidões de turistas, apesar de oferecer uma das geografias mais impressionantes da ilha e ser um excelente ponto de partida para conhecer suas tradições culturais de raízes profundas. O cenário montanhoso de Taitung é margeado pelo Oceano Pacífico, suas ruas transbordam de história e a região é o lar da maior população indígena da ilha. Tudo isso, aliado à atmosfera tranquila da região, faz de Taitung um lugar fantástico para passar um tempo longe das multidões.

Uma profusão de balões

(Foto: Darth Vader faz uma aparição no Taiwan International Balloon Fiesta | Créditos: © madrasta / Shutterstock)

No verão, Taitung também tem o céu mais encantador de Taiwan, quando fica pontilhado de balões de ar quente no Festival Internacional de Balões de Taiwan. Em julho e agosto, balões coloridos e extravagantes flutuam sobre o relvado e plácido Planalto Luye, que fica a meia hora de carro da cidade de Taitung. Ainda mais fabuloso, o festival é gratuito, mas, se você quiser apreciar a vista de cima de um balão, pode comprar um ingresso (NT$ 500 para subir em um balão preso ou NT$ 9.000 por um passeio de 45 minutos). Não deixe de ir ver um dos “shows radiantes” à noite, quando balões presos, iluminados por dentro, dançam ao som de músicas como fogos de artifício dentro de bolhas gigantes.

Costa do Pacífico

(Foto: O Oceano Pacífico assume uma tonalidade turquesa ao longo da costa Taitung | Créditos: © Megan Eaves / Lonely Planet)

A Costa Leste de Taiwan é uma das costas mais espetaculares da Ásia, com o Oceano Pacífico azul e cristalino se espalhando para o oriente em ondas intermináveis. A Rodovia 11, praticamente uma reta só, oferece paisagens perfeitas e, por ser plana, é excelente para ser percorrida de bicicleta ou de carro mesmo, em um passeio agradável que cruza o Trópico de Câncer a meio caminho entre o Parque Nacional Taroko e Taitung.

Essa costa escarpada apresenta condições sublimes para ver as constelações no céu. Em uma noite de céu claro, longe de qualquer iluminação urbana, a lua e as estrelas são surpreendentemente visíveis de vários pontos de descanso cênicos. Jialulan (a cerca de 7 quilômetros da cidade de Taitung) é perfeita para observar as estrelas e também promove, nas noites de verão, shows de música folclórica e mercados de artesanato tradicional feito com troncos torcidos. O Coconut Beach B&B fica ao norte da cidade em uma praia isolada e oferece quartos com terraço e telescópio para os hóspedes que quiserem contemplar as estrelas.

Sair de Taitung e seguir ao norte de bicicleta pela estrada a beira-mar é uma experiência inesquecível. A oeste, você verá as Montanhas Centrais se erguendo enquanto a leste verá a costa escarpada mergulhando dramaticamente nas águas azuis-esverdeadas do Pacífico. Aprecie uma refeição rápida de frutos do mar em um dos restaurantes da região do Porto Fugang ou entre no mar em praias de areia douradas quase desertas ao longo da costa (San Yuan é a praia mais próxima da cidade de Taitung). A aldeia de Dulan, a 20 quilômetros ao norte, abriga vários bares, pousadas para mochileiros e padarias administrados por estrangeiros. Em novembro, Dulan abriga o evento anual Taiwan Open of Surfing.

Um festival flamejante

A cidade de Taitung é uma rede sonolenta de alamedas bem ao lado do oceano. Com a maior parte da geração mais jovem tendo sido atraída pelas economias mais rápidas de cidades da costa oeste de Taiwan, os vovôs e as vovós é que mandam aqui. Com isso, Taitung tem uma atmosfera tradicional de história viva que não pode ser encontrada em qualquer outro lugar da ilha. O maior espetáculo do ano ocorre durante o Bombing Master Handan, um retumbante festival realizado no Ano Novo Chinês. As ruas ficam cheias de fumaça e faíscas com espectadores jogando bombinhas em um homem seminu que desfila pelas ruas em uma liteira. O homem representa o Lorde Handan, o Deus da Riqueza, e os fogos de artifício são para mantê-lo aquecidos e feliz.

Mesmo se você não conseguir ver o excêntrico e ruidoso festival de Handan, a Taitung inteira transborda de história. As ruas são pontilhadas de belos e antigos edifícios da era japonesa, reconhecíveis pelos telhados escuros e vigas negras. Em uma tarde ensolarada, parece que as ruas produzirão mais um templo taoista com colunas vermelhas e temíveis dragões de cerâmica. O Templo de Tianhou é o maior e mais ousado, com seus ostentosos beirais de dragão torvelinhante no telhado e lanternas vermelhas iluminando o cenário.

Frutas, peixes e flores

(Foto: Taitung | Créditos: © Richie Chan / Shutterstock)

Não dá para ir a lugar algum em Taiwan sem esbarrar em um mercado noturno, e Taitung não é exceção, com seus dois mercados (na rua Zhengqi e na rua Siwei). A proximidade do oceano garante uma abundância de frutos do mar frescos e as lulas grelhadas e douradas são especialmente deliciosas. Se você gostar de doces e estiver aqui no verão, as frutas-do-conde locais são famosas em toda a ilha. Essas frutas, que lembram ovos roliços de dinossauro, se desfazem em pedaços macios e melífluos ao serem abertas.

Taitung também é famosa por seu tofu fermentado (mas você logo vai descobrir que todas as cidades de Taiwan alegam ter originado a essa iguaria), sopa de sangue de porco e sopa de macarrão de arroz com caldo de porco e peixe. Os pratos locais tendem a ter muita carne de caça (leia-se: não são muito vegetarianos); o lanche que você encontrará em todo lugar é o avay, uma bola grudenta de arroz com carne de porco ou peixe envolta em uma folha. Em setembro, vá para Taimali, ao sul, para ver os campos de lírios laranjas (também chamados de lírio-de-um-dia). De manhã cedinho, quando os nevoeiros das montanhas se dissipam, tapetes inteiros dessas belas flores surgem como mágica. Restaurantes de beira de estrada fritam as pétalas para fazer um delicioso e crocante salgadinho ou as misturam em um caldo de carne.

Uma cultura sem igual

(Foto: Membros da tribo Amis - maior tribo indígena de lá - executando uma dança tradicional | Créditos: © Alberto Buzzola / Getty Images)

Cerca de 35% da população do distrito de Taitung é formada de povos nativos de muitos grupos étnicos diferentes. O excelente Museu Nacional de Pré-história conta as histórias desses povos e é um bom lugar para entender a fundo o movimento em prol dos direitos humanos dos povos indígenas de Taiwan. Um destaque é a exposição dos rituais de bruxaria do povo bunan.

Taitung também serve como um bom ponto de partida para chegar a duas ilhas indígenas de Taiwan, a Ilha Verde e Lanyu (Ilha das Orquídeas). Balsas partem para a Ilha Verde saindo do Porto Fugang, mas a Ilha das Orquídeas, mais distante, só é acessível de avião.

No fim do verão, aldeias de toda a região realizam festivais de colheita, quando todos usam roupas tradicionais e se dirigem a um grande campo para comer, beber e dançar. Não raro, bandas indígenas populares são convidadas para tocar e é então que a festa começa de verdade. O Tiehua Music Village, na cidade Taitung, é um bom lugar para assistir a apresentações de bandas indígenas o ano todo.

Este artigo foi publicado em Setembro de 2016 e foi atualizado em Setembro de 2016.