Dicas e artigos

5 lugares para reviver a história do Rio de Janeiro

Teatro Municipal

Que o Rio de Janeiro é (e continua sendo) lindo ninguém tem dúvidas. Mas nem só de belezas naturais é feita a Cidade Maravilhosa. Que tal conhecer um pouco do lado histórico e cultural do Rio? Nesse post eu listo 5 lugares bem bacanas para sair do clichê e ver a cidade por uma outra perspectiva.

1- Theatro Municipal

(Foto: Reprodução | Revivendo Viagens)

Esse é, sem dúvida, um dos prédios mas bonitos do Rio de Janeiro. Mas a beleza do teatro não se resume à sua fachada, abrange também seu interior lindamente decorado com obras de arte de artistas renomados. Se tiver oportunidade, não deixe de assistir a um dos vários espetáculos do Theatro.  Ou ao menos faça uma visita para conhecer suas dependências. Não existe visitação livre, apenas visitas guiadas que acontecem de segunda a sexta às 11:30h, 12h, 14h, 14:30h, 15h e 16h. Sábados e feriados, apenas às 11h, 12h e 13h. Custam R$20,00 e duram cerca de 1 hora. Não é necessário agendamento prévio.

Praça Marechal Floriano (Praça da Cinelândia)

2- Biblioteca Nacional

A Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro é dona do maior acervo bibliográfico da América Latina! Ela foi considerada, pela Unesco, uma das dez principais bibliotecas nacionais do mundo!  Não apenas por sua importância literária, mas também pela beleza de sua construção, a visita à biblioteca vale muitíssimo a pena. O local tem várias obras de arte, pinturas, painéis, estátuas, além de exposições temáticas. Tudo isso num ambiente belíssimo e muito bem decorado. Para saber um pouco mais sobre o lugar são oferecidas visitas guiadas gratuitas de segunda a sexta às 11h e às 15h (em português) ou às 13h (em inglês). Mas quem preferir, pode fazer a visita por conta própria também!

Avenida Rio Branco, 219

Segunda a sexta de 9h às 17h

3- Paço Imperial

Antigo prédio do Palácio dos Governadores e da Casa da Moeda, esse é um dos lugares mais importantes da história da cidade. Aliás, do país! Foi ali, numa das sacadas do Paço Imperial, que Don Pedro I, contrariando a ordem da Corte Portuguesa, anunciou sua permanência no Brasil com a célebre frase “se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, digam ao povo que fico”. Episódio que ficou conhecido com o “dia do Fico”.  Foi ali também que, anos mais tarde, sua neta, a princesa Isabel, sancionou a Lei Áurea que aboliu a escravidão no país. Atualmente, o local é um Centro Cultural do Iphan/MinC e tem exposições e programações culturais diversificadas.

Praça XV, n° 48 - Centro

Terça a domingo 12h às 19h

4- Palácio Tiradentes

(Foto: Reprodução | Revivendo Viagens)

Bem ao lado do Paço Imperal fica outro importante e histórico edifício, o belo Palácio Tiradentes. A atual sede da ALERJ – Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – já foi, no passado, a Casa da Câmara e também a Cadeia da Cidade onde, inclusive, Tiradentes ficou preso por 3 anos. É possível fazer visitas guiadas para conhecer o interior do Palácio e saber mais sobre sua conturbada história. O local possui ainda uma agenda cultural diversificada e intensa com apresentações de teatro e música, palestras, além de exposições diversas.

Rua 1º de Março s/n. Praça XV - Centro

Segunda a sábado das 10h às 17h. Domingos e feriados de 12h às 17h

5- Museu Histórico Nacional - MHN

Esse museu foi criado em 1922 e mostra desde pré-história brasileira até o período Republicano em um acervo enorme formado por mais de 300 mil itens, como documentos, imagens, moedas, selos, móveis, armas, esculturas, pratarias etc. Além das exposições permantes, ainda existem exposições temporárias diversas tanto nacionais, quanto internacionais. As visitas guiadas são apenas para grupos escolares, mas existe o serviço de áudio guia em três linguas (português, espanhol e inglês) e ainda guia multimídia em libras para deficientes auditivos.

Praça Marechal Âncora, s/nº

Terça a sexta, das 10h às 17:30. Sábado, domingo e feriados, das 14h às 18h

Artigo escrito por Renata Campos do Revivendo Viagens

Este artigo foi publicado em Agosto de 2016 e foi atualizado em Agosto de 2016.