Europa

Todas em Europa

‹ Anterior

de 10

  1. 72% Pétanque

    Sabonetes com essência de azeite, alguns com chocolate e folhas de tomate, e conservas de dar água na boca enchem o 72% Pétanque.

  2. Artesanato na baía

    Essa galeria varejista expõe obras de artesãos e artistas galeses contemporâneos, com ampla variedade de cerâmica, tecidos, artigos de madeira, joias, objetos de vidro, quadros e artigos de ferro.

  3. ArtViva

    Suas excelentes caminhadas de 1 a 3 horas (de 25 a 30 euros) pela cidade, conduzidas por historiadores ou diplomados em história da arte; entre os passeios, estão o tour do Davi original e uma Caminhada Noturna/Tour do Assassinato Misterioso. A empresa também oferece visitas a Chianti e a uma villa renascentista fora de Florença. 

  4. As Placas Tectônicas

    A planície de Þingvellir está situada no limite de uma placa tectônica, onde a América do Norte e a Europa estão se afastando em uma média de 1 a 18mm por ano. Como resultado, a planície é marcada por fissuras dramáticas, lagoas e rios, incluindo a grande fissura Almannagjá. Um caminho segue através da falha entre o centro de visitantes que fica no topo do penhasco e o Alþingi.

  5. Au Petit Nice

    (metrô Notre-Dame du Mont–Cours Julien) Barato e animado: cervejas a €2 em um café com disputadas mesas ao ar livre e público jovem e diversificado. (Obs: não é o hotel de mesmo nome.)

  6. Auberge de Jeunesse

    (montpellier@fuaj.org; dc incl café da manhã €19,60) O albergue da juventude de Montpellier, filiado à Hostelling International, fica próximo à rue des Écoles Laïques. Os quartos comportam de duas a dez pessoas e há um pequeno jardim. Pegue o bonde e desça no ponto Louis Blanc.

  7. Baudon de Mauny

    (c a partir de €150) Os proprietários Alain e Nathalie de Bordas fizeram mágica nessa pousada palaciana, misturando graciosamente seu gosto pelo moderno a um prédio do século 18. Lareiras, portas e janelas de madeira originais dividem
    espaço com móveis modernos e inusitadas luminárias Anglepoise. O resultado é uma pousada cheia de estilo, clean e absolutamente século 21. O estacionamento mais conveniente é o Parking du Corum, a 500m.

  8. Bíó Paradís

    Esse cinema descolado, decorado com pôsteres de filmes e material de escritório vintage, exibe apenas filmes islandeses com legendas em inglês. É uma chance para ver filmes que você provavelmente não encontrará em outros lugares. Além disso, acontece um happy hour das 17h às 19h30.

  9. Black Heart Storytellers

    Não é adequado para crianças. O giro pela “cidade dos mortos” em Greyfriars Kirkyard é provavelmente o “passeio-fantasma” mais assustador de Edimburgo. Muitas pessoas relatam encontros com McKenzie Poltergeist, o fantasma de um juiz do século 17 que perseguiu os covenanters e agora assombra a antiga prisão deles em um canto do quintal da igreja.

  10. Blaenavon Cheddar Company

    Os queijos premiados do estabelecimento são ao mesmo tempo chamariz para a cidade e evidência de seu gradual ressurgimento. A loja apresenta uma variedade de queijos artesanais, alguns dos quais são maturados na entrada da mina do
    Big Pit. O Pwll Mawr é muito bom – ganhou medalha de bronze na premiação dos queijos britânicos – mas para fazer valer a visita experimente o chilli com cerveja do Dragon’s Breath (Bafo do Dragão). O lugar ainda oferece muitas cervejas galesas especiais, vinhos e whisky. A mesma turma oferece aluguel de bicicletas, além de passeios de bicicleta e caminhadas em pequenos grupos.

  11. Byre Theatre

    Essa companhia teatral teve início em um estábulo de vacas reformado, na década de 1930, e agora ocupa instalações ostentosas, onde espaço e luz são usados de forma inteligente.

  12. Caelum

    Séculos de divina tradição gastronômica de toda a Espanha estão concentrados neste belo espaço medieval no coração da cidade. Doces (como o irresistível marzipã de Toledo) feitos por freiras em conventos de todo o país são encontrados nesse antro de delícias.

  13. Café Flóra

    Mesas ao sol preenchem uma estufa no Jardim Botânico e transbordam em um terraço repleto de flores, onde fica esse adorável café especializado em ingredientes locais saudáveis – alguns plantados lá no jardim! As sopas vêm acompanhadas de um fantástico pão fermentado e os petiscos variam de pratos de queijo com nozes e mel a sanduíches de carne de porco. Café e bolos caseiros finalizam.

  14. Café Populaire

    (pratos principais €14-16; metrô Estrangin–Préfecture) Mesas e cadeiras antigas, livros antigos nas prateleiras e uma bela coleção de garrafas de refrigerante dão ar retrô a esse comptoir (balcão) em estilo jazz anos 1950. Pegue um banco no bar de zinco ou acomode-se em uma mesa com vista para a fabulosa cozinha aberta, onde são preparados especiais simples do dia como gambas à la plancha (pitus fritos servidos na chapa) ou salada de beterraba e coentro.

  15. Camera Obscura

    A “câmera obscura” de Edimburgo é um curioso aparelho do século 19 – em uso constante desde 1853 – que utiliza lentes e espelhos para jogar a imagem da cidade ao vivo em uma grande tela horizontal. Quem conhece diz que se trata de pura diversão e que a experiência inteira tem um charme peculiar, complementada por uma intrigante exposição dedicada a ilusões de todos os tipos. Em meio a várias exposições, escadarias levam à Outlook Tower, que oferece ótimas vistas da cidade.