EuropaDicas e artigos

Croácia: conheça as belezas escondidas do país

Mar Adriático

A rara combinação de glamour e autenticidade à moda antiga faz da Croácia “o” destino da Europa, onde praia e sol competem com preciosidades culturais, arquitetura antiga e tradições populares que resistiram ao tempo.

Apesar de famosa como lugar da moda para férias na Europa, a Croácia não se rendeu ao turismo em massa. O “Mediterrâneo como ele foi um dia”, mote do conselho de turismo da Croácia, pode parecer exagerado quando se considera o crescimento que tiveram esses concorridos destinos, mas existem focos de cultura autêntica e ainda há muito a descobrir fora do circuito. O país em transição, no limite entre a Europa Central e o Mediterrâneo, tem boas-novas para visitantes de todos os bolsos: a Croácia é tão diversificada quanto suas paisagens. Alguns dos lugares mais disputados no Adriático são caros nos meses de verão, enquanto a Croácia Continental custa uma fração do que se paga na costa. Os postos fronteiriços chiques e modernos podem fazer esquecer a guerra brutal que devastou a Croácia nos anos 1990. A forma como o país reagiu é sinal da capacidade de resistência da população – pessoas que são anfitriãs notáveis, uma vez rompida a barreira turista/local.

 

As riquezas de Dubrovnik

©Mark Read/Lonely Planet

 

Atração mais popular da Croácia, Dubrovnik é patrimônio Mundial da Unesco com razão. Essa imensa cidade murada foi bombardeada sem trégua durante a Guerra de independência da Croácia nos anos 1990. Hoje, suas muralhas, mosteiros, igrejas medievais, praças elegantes e fascinantes bairros residenciais estão lindos de novo. Para uma vista inigualável dessa pérola Adriática, primeiro vá de bonde até o Monte Srd, depois se aproxime da cidade caminhando pelos muros de Dubrovnik, enquanto a história local vai se revelando.

 

De ferry pelo Adriático

De pequenas excursões nas ilhas próximas a passeios noturnos ao longo de toda a costa da Croácia, viajar pelo mar é um jeito bom e barato de ver esse lado do Adriático. Curta o impressionante litoral enquanto navega entre algumas das 1.244 ilhas do país, incluindo as populares Hvar e Brač e opções menos badaladas, como Vis. Se você tem dinheiro para gastar, visite as ilhas com estilo, alugando um veleiro, movido por ventos e correntes marítimas.

 

Encante-se em Mljet

©Mark Read/Lonely Planet

 

Cercada por densas florestas de pinheiros, a intocada Mljet é uma ilha paradisíaca. Diz a lenda que Ulisses ficou abandonado por sete anos na ilha, e é compreensível que ele tenha demorado tanto para ir embora. Todo o lado voltado para o ocidente é um parque nacional, com dois lindos lagos de tom azul-cobalto, um mosteiro e o pequeno e calmo Porto de Pomena, que de tão bonito parece um quadro. Não deixe de visitar o lado oriental de Mljet, que abriga ótimas enseadas e um paraíso gastronômico, o restaurante Stermasi.

 

Kopački Rit – um pantanal maravilhoso

A planície de inundação dos rios Danúbio e Drava, Kopački Rit, tem uma paisagem de tirar o fôlego e é um dos melhores locais de observação de aves da europa. Encaixe-se em uma excursão de barco e fique atento a águias-de-cauda-branca e imperiais, cegonhas-negras, garças-vermelhas e pica-paus – apenas algumas das quase 300 espécies registradas na região. Explore uma floresta inundada a bordo de uma canoa, caminhe nas trilhas ou vá a cavalo. o veado-vermelho, os javalis, cágados e serpentes inofensivas também são comuns.

 

Caminhada e escalada em Paklenica

©Mark Read/Lonely Planet

 

É uma vista e tanto. O Parque Nacional Paklenica é o mais visitado da costa norte da Ilha de Pag – local perfeito para se apreciar as íngremes montanhas de Velebit que se erguem do litoral. Dois grandes cânions cortam essas montanhas, formando uma trilha que leva até os altos picos alpinos de Vaganski vrh (1.757m) e Babin vrh (1.741m). Para quem busca mais aventura, Paklenica é também um dos principais centros de escalada da Croácia, com centenas de rotas espetaculares.

Este artigo foi publicado em Setembro de 2015 e foi atualizado em Setembro de 2015.

Europa

Destaques