EuropaDicas e artigos

7 lugares para visitar na Grã-Bretanha

Glencoe, nas Highlands da Escócia

 

 

 

1. Snowdonia

Montanhas Snowdonia, no País de Gales
©Pete Seaward/Lonely Planet

 

O acidentado canto noroeste do País de Gales tem picos rochosos, vales glaciais, serras sinuosas, lagos e rios cintilantes e aldeias charmosas. A parte mais movimentada é em torno da própria Snowdon, a cujo cume muita gente sobe e onde muitos se divertem no agradável trenzinho, ao passo que o sul e o oeste são áreas raramente visitadas, perfeitas para explorações fora da mesmice. E bem pertinho ficam as belas Llŷn Peninsula Anglesey Isle, onde o sol brilha com frequência, mesmo se estiver chovendo nas montanhas.

 

2. Hadrian’s Wall (Muralha de Adriano)

A Muralha de Adriano está entre as ruínas mais extraordinárias e reveladoras da Grã-Bretanha romana. A robusta linha de muralhas, fortes, guarnições, torres e castelos contam muito sobre o cotidiano dos batalhões internacionais que lá permaneceram por quase 2 mil anos. Mas ela sempre foi muito mais do que uma mera fortificação. A barreira no limite do império de Adriano simbolizava a fronteira da civilização. Ao sul ficava o ordenado mundo romano de pagadores de impostos, balneários com pisos aquecidos; ao norte, o território ingovernável dos saqueadores celtas.

 

3. Cornwal

Lizard Point, em Cornwall
©Matt Munro/Lonely Planet 

 

No extremo sudoeste da Grã-Bretanha, o antigo reino de Cornwall tem quilômetros de costa intocada, com penhascos abruptos, baías cintilantes, pitorescos portos pesqueiros e praias de areia branca, apreciadas tanto por famílias com crianças como por surfistas. Acima das falésias, as torres de antigas minas de estanho lembram castelos, e o interior é uma paisagem tranquila de exuberantes campos cultivados e aldeias charmosas coroadas pelas cúpulas do Eden Project – um símbolo do renascimento de Cornwall.

 

4. Stratford-upon-Avon

A bonita cidade de Stratford-upon-Avon, nas Midlands inglesas, é famosa em todo o mundo por ser o berço do mais conhecido dramaturgo do país, William Shakespeare. Hoje, as ruas do período Tudor do pequeno centro formam um mapa vivo da vida e dos tempos de Shakespeare, e multidões de fãs e aspirantes a dramaturgos vêm desfrutar peças de teatro ou visitar as cinco casas históricas de propriedade de Shakespeare e seus familiares, com um desvio respeitoso até a antiga igreja de pedra, onde o bardo descansa.

 

5. Cardiff

Baía de Cardiff
©KadiOU09/Budget Travel

 

Exuberante capital do País de Gales, a compacta Cardiff se tornou um dos principais centros urbanos da Grã-Bretanha nos últimos anos. Depois de passar por um período de declínio em meados do século 20, a cidade entrou no novo milênio com vigor e confiança, valorizando a arquitetura, o que lhe apurou o charme. Do castelo histórico à orla ultramoderna, de animados cafés de rua à vida noturna variada, de galerias comerciais vitorianas ao gigantesco estádio de rúgbi e o cenário da torcida apaixonada da cidade em dias de jogo, Cardiff, sem dúvida, vale a visita.

 

6. Highlands da Escócia

Nas Highlands da Escócia o que não faltam são vistas deslumbrantes, mas o extremo noroeste é esplêndido por causa desses emblemas grandiosos, como as paisagens montanhosas escarpadas de Assynt, a beleza desolada de Torridon, as incisões penetrantes dos lochs e as remotas falésias do Cabo Wrath. Acrescente a isso o melhor ponto de observação de baleias da Grã-Bretanha e um pouco da calorosa hospitalidade local – hotéis românticos, restaurantes gourmet, pubs clássicos – e um lugar inesquecível do país.

 

7. Pembrokeshire

Vista de Marloes Sand
©Pete Seaward/Lonely Planet

 

Na ponta do selvagem e maravilhoso oeste do País de Gales, o condado de Pembrokeshire tem um dos trechos de costa mais espetaculares da Grã-Bretanha, com penhascos, arcos naturais, crateras e pináculos no mar, além de um interior de vilas tranquilas e canais navegáveis secretos. É uma paisagem de castelos normandos, fortalezas da Idade do Ferro em colinas, poços sagrados, santos celtas – entre eles o padroeiro do país, São Davi – e vestígios dos habitantes pré-históricos, que deixaram intrigantes círculos de pedra.

 

 

Esta matéria faz parte do guia Grã-Bretanha, da Lonely Planet

Este artigo foi publicado em Agosto de 2015 e foi atualizado em Agosto de 2015.

Europa

Destaques