EuropaDicas e artigos

Bélgica e Holanda: conheça um pouco mais desses dois países encantadores

Campo e moinho holandeses

Eles podem ser vizinhos de porta, mas Bélgica e Holanda não podiam ser mais diferentes em atitude e visão de mundo. De um lado está a Bélgica: conhecida por suas cervejas espumantes, chocolates de altíssima qualidade e posições políticas no centro da UE. Ultrapassando esses clichês, você descobre uma pequena nação excêntrica, recheada de séculos de história, arte e arquitetura, sem mencionar as diferenças de identidade de longa data entre Flandres e Valônia.

Do outro lado está a Holanda: liberal, descontraída e plana como uma panqueca. É famosa por seus cafés, rodopiantes moinhos de vento e coloridos campos de tulipas – mas, novamente, os estereótipos contam só uma parte da história. Olhe além dos canais de Amsterdã e descubra um lado completamente diferente da Holanda – de agitados centros urbanos, como Roterdã, até deslumbrantes cidades medievais, como Leiden e Delft, e amplos espaços abertos, como o impressionante Parque Nacional de Hoge Veluwe. Confira aqui algumas das atrações imperdíveis desses dois países incríveis!

 

Kinderdijk

Paisagem com moinhos em Kinderdijk
Foto por: Massimiliano Agati/ThinkStock

 

Kinderdijk talvez seja a paisagem holandesa por excelência. Esse cenário protegido pela UNESCO, a sudeste de Roterdã, possui alguns dos mais antigos diques e moinhos de vento holandeses, construídos durante o século 18 para drenar terras agrícolas. Passeios regulares de barco saem de Roterdã; é possível alugar bicicletas assim que você chegar lá.

 

Grand Place

A incomparável praça central de Bruxelas é o ponto alto de qualquer roteiro. O magnífico Hôtel de Ville, com seus pináculos góticos, foi o único edifício em que se podia escapar do bombardeio francês de 1695 – bem irônico, já que ele era o alvo principal. Hoje o esplendor da praça destinada aos pedestres se deve muito a suas intactas sedes de sindicatos, reconstruídos pelas guildas de mercadores depois de 1695 e adornados com extravagantes estátuas douradas. Se usar o BrusselsCard, não se esqueça da cerveja grátis no Museu Brewery.

 

Bruges

A cidade de Bruges iluminada à noite
Foto por: shalamov/ThinkStock

 

Com um bonito centro medieval e uma encantadora atmosfera de velho mundo, Bruges é um tesouro belga. O monumento mais famoso da cidade é o grande Belfort (campanário de 83m), com vista para o mercado central – 366 degraus levam ao topo de uma das melhores paisagens da Bélgica. O único inconveniente é a popularidade; se puder, visite na baixa temporada.

 

Anne Frank Huis Museu

A casa de Anne Frank, onde ela escreveu seu famoso diário, atrai aproximadamente um milhão de visitantes por ano. Possui um anexo secreto: a reconstrução do melancólico quarto de Anne e seu diário real, escrito com otimismo e pontuado por seu desespero silencioso. Procure pela foto de Peter Schiff, seu “único amor verdadeiro”. Tente ir de manhã ou à noite, quando há menos visitantes; reserve online para evitar longas filas.

 

Haarlem

Haarlem, para um pouco mais de charme holandês
Foto por: devteev/ThinkStock

 

Haarlem é um microcosmo da Holanda, com canais, edifícios triangulares e ruas de paralelepípedos. Tem edifícios históricos, grandes igrejas, museus, bares acolhedores, bons restaurantes e antiquários que atraem dezenas de turistas – e fica só a quinze minutos de trem de Amsterdã.

 

Delft

Compacta, charmosa e relaxante, Delft pode ser a viagem holandesa perfeita. Fundada em torno de 1100, ela mantém vínculos tangíveis com o passado romântico, apesar da pressão da modernização e da multidão de turistas. Muitas das vistas para o canal poderiam ser cenas de Moça com brinco de pérola, a novela sobre o pintor da Era de Ouro, Johannes Vermeer, que se transformou em um filme (parcialmente filmado na cidade) em 2003. Delft também é famosa pela delftware, típica cerâmica azul e branca feita pelos artesãos do século 17, originalmente copiada da porcelana chinesa.

 

Ghent

Casas medievais na linda e histórica cidade belga de Ghent
Foto por: Arndale/ThinkStock

 

Conhecida como Gent em holandês e Gand em francês, Ghent é a cidade histórica flamenga desconhecida. Como uma Bruges mais audaciosa, mas sem o excesso de turistas, ela tem canais fotogênicos, torres medievais, ótimos cafés e alguns dos mais inspiradores museus belgas.

 

Esta matéria faz parte do guia Descubra a Europa.

Este artigo foi publicado em Julho de 2015 e foi atualizado em Julho de 2015.

Europa

Destaques