Estados Unidos

Todas em Estados Unidos

‹ Anterior

de 12

  1. 202

    Na ponta do Chelsea Marjet, essa espaçosa butique sacia muitos desejos com seus elegantes objetos de cristal e utensílios domésticos, roupas femininas e masculinas muito benfeitas e, claro, aquelas panquecas deliciosas servidas no brunch. A loja é uma invenção da designer Nicole Farhi, que possui um lugar similar em Notting Hill, em Londres.

  2. 55 Bar

    Desde a lei seca, esse espaço é ótimo para shows despretensiosos, sem cobrar couvert. Artistas de qualidade, bandas de blues e o superguitarrista de Miles Davis dos anos 1980, Mike Stern, apresentam-se todas as noites.

  3. Adobe Books & BackRoom Gallery

    Vá atrás dos livros que você nunca soube que precisava, usados e baratos, além de festas de lançamento, leituras de poesia e a BackRoom Gallery. Antes, porém, você terá de superar obstáculos como sofás, gatos, livros de arte e filosofia alemã.

  4. Adobe on Green B&B

    “Paz e tranquilidade”: é o mantra desse bed & breakfast perto da Pacific Ave, e que usa energia solar. Os proprietários são quase invisíveis, mas seu toque está em toda parte, das cortesias oferecidas em quartos espaçosos em grande estilo ao farto café da manhã com produtos de sua horta orgânica.

  5. Adrienne Arsht Center for the Performing Arts

    O maior centro de artes cênicas na Flórida (e o segundo maior, em área, dos eua ) é o queridinho de Miami. Também é um grande componente na revitalização do espaço urbano de Downtown. Projetado por Cesar Pelli (criador das Petronas Towers em Kuala Lumpur), o centro tem dois pavilhões principais: o Ziff Ballet Opera House e o Knight Concert Hall, que tomam os dois lados do Biscayne Blvd. Os dois prédios estão conectados por uma passarela elegante e fina, e dentro dos teatros foi criada uma sensação do oceano e da terra esculpida pelo vento; os balcões arredondados se erguem em espirais que lembram uma concha aberta. Se tiver a chance, assista a um show (veja p. 110); o interior do Adrienne é o ponto alto de qualquer viagem a Miami.

  6. American Folk Art Museum

    Essa minúscula instituição abriga peças antigas e alguns tesouros artísticos, entre eles obras de Henry Darger (conhecido por suas cenas de batalha cheias de meninas) e de Martín Ramírez, criador de alucinados caballeros. Há ainda uma boa variedade de esculturas de madeira, quadros, fotografias coloridas à mão e objetos decorativos. Às quartas-feiras, o local sedia apresentações de violão e às sextas há shows musicais gratuitos.

  7. American Museum of Natural History

    Fundado em 1869, este clássico museu encanta crianças e adultos apaixonados pela natureza e, claro, por dinossauros, cujas réplicas (impressionantes!) ocupam três grandes salas. Há muitas exposições interativas que encantam os pequenos. 

  8. Amoeba Records

    Boliche que virou superloja de gravações novas e usadas de todos os gêneros, além de concertos gratuitos na loja e a revista Music We Like, que traz novos achados.

  9. Angelika Film Center

    Velho favorito, o Angelika se especializa em filmes de arte, estrangeiros e independentes. Geralmente está cheio – apesar das telas pequenas e do barulho do metrô. O amplo café serve comidinha gourmet. Não deixe de prestar atenção na fachada do prédio, com janelas ovais.

  10. Anthology Film Archives

    Inaugurado em 1970, o cinema é dedicado a filmes de arte. Exibe produções alternativas de novos diretores, clássicos e filmes antigos e obscuros, de Luis Buñuel à psicodelia de Ken Brown.

  11. Art Deco Welcome Center

    Conta as histórias por trás dos edifícios art déco em South Beach, com um guia da Miami Design Preservation League ou um audioguia bem apresentado e mapa de caminhadas autoguiadas (prefira os guias). As visitas duram 90 minutos.

  12. Aspenglen Campground

    Com apenas 54 lugares, esse é o menor local de camping do parque. Há diversas áreas que aceitam apenas cabanas (em algumas não é possível nem entrar de carro!) e apenas um número limitado de trailers é permitido. Esse é o camping mais quieto do parque, mesmo sendo extremamente acessível (8km a oeste do Estes Park na US 34). Reserve pelo site.

    Nossos autores independentes visitaram o Aspenglen Campground e o selecionaram como uma das nossas acomodações recomendadas no Rocky Mountain National Park.

     
  13. Atividades de verão no Central Park

    Nos meses quentes, o parque abriga incontáveis eventos culturais, muitos gratuitos. Os dois mais populares são o Shakespeare in the Park (www.shakespeareinthepark.org), organizado pelo Public Theater, e o SummerStage (www.summerstage.org), uma série de concertos grátis. Os ingressos para o Shakespeare são distribuídos às 13h no dia da apresentação, mas se você quiser garantir um lugar, entre com seu grupo todo na fila às 8h e leve alguma coisa para sentar. Os ingressos são gratuitos e cada pessoa só pode retirar dois deles; atrasados não podem entrar na fila. As salas do concerto SummerStage geralmente abrem ao público uma hora e meia antes do início do show. Mas se for um espetáculo popular, chegue cedo para conseguir entrar.

  14. Baldplate Inn

    Essa é a hospedagem na montanha dos seus sonhos: construída no começo do século 20, com um ar de casa na árvore, quartos rústicos, uma varanda no segundo andar e móveis de pinheiro feitos à mão que exalam charme e história. Hóspedes com bicicletas podem conseguir dicas exclusivas de trilhas com o pessoal extremamente prestativo do hotel.

    Nossos autores independentes visitaram o Baldplate Inn e o selecionaram como um dos nossos hotéis recomendados no Rocky Mountain National Park.

  15. Barracuda

    Favorito de longa data, mantém os fãs e uma aura urbana e sofisticada. Provavelmente isso se deve a uma fórmula simples e vencedora: coquetéis acessíveis, uma sala com clima acolhedor e entretenimento certo, com shows das melhores drag queens da cidade.