Deli

Todas em Deli

de 2

Próxima ›
  1. Show de som e luz

    Todas as noites (exceto às segundas-feiras), este show de uma hora dá um tratamento de luzes coloridas e narração imponente à história do Forte Vermelho. É ótimo, mesmo que seja apenas para ver o forte à noite. Ingressos disponíveis da bilheteria do forte. Leve repelente de mosquitos.

  2. State Emporiums

    Espalhados ao longo de Baba Kharak Sing Marg, estão os empórios oficiais dos diferentes estados indianos, exibindo produtos e artesanato de cada um. Fazer compras aqui é como excursionar pela Índia – as melhores paradas incluem a Caxemira, para papier mâché e tapetes; o Rajastão para quadros em miniatura e marionetes; Uttar Pradesh para marchetaria em mármore; Karnataka para esculturas de sândalo; Tamil Nadu para estátuas de metal; e Odisha para pedras esculpidas.

  3. The Taj Mahal Hotel

    O Taj não deixou nenhum detalhe de lado, com um lobby repleto de obras de arte indianas e domos Mughal pintados, restaurantes suntuosos e uma piscina rodeada de jardins extremamente bem cuidados. Os quartos de decoração luxuosa têm todos os apetrechos de um cinco estrelas.

    Nossos autores independentes visitaram o The Taj Mahal Hotel e o elegeram como um dos nossos hotéis recomendados em Deli.

  4. Túmulo de Humayun

    Com as proporções mais perfeitas e um dos mausoléus mais atraentes de Deli, o túmulo de Humayan parece flutuar acima dos jardins que o rodeiam. Construído em meados do século 16 a mando de Haji Begum – a mulher mais velha do imperador Humayun, nascida na Pérsia –, o túmulo reúne elementos persas e mughal, criando um modelo que influenciou fortemente o Taj Mahal.

    A fachada de arcos tem faixas de mármore branco e arenito vermelho, e o edifício segue rigorosamente as regras da geometria islâmica, com ênfase no número oito. Animado por periquitos verdes, os jardins ao redor contêm os túmulos do barbeiro favorito do imperador e de Haji Begum. Foi aqui que o último imperador Mughal, Bahadur Shah Zafar, buscou refúgio antes de ser capturado e exilado pelos britânicos em 1857.

    À direita de quem entra no complexo, o túmulo de Isa Khan é um belo exemplo da arquitetura da era Lodi, e foi construído no século 16. Mais ao sul fica o monumental túmulo de Khan-i-Khanan, saqueado durante o império Mughal para construir o túmulo de Safdarjang.