Deli

Parque Arqueológico de Mehrauli

  • Endereço
    • Vá até a estação Qutab Minar

Resenha da Lonely Planet

Na fronteira do complexo de Qutb Minar, mas ignorado pela maioria das hordas de turistas, o Parque Arqueológico de Mehrauli conserva algumas das relíquias mais atmosféricas da segunda cidade de Deli.

Espalhadas por um parque florestal que desemboca numa bustee (favela) caótica,estão as ruínas de dezenas de túmulos, palácios e diversas empreitadas coloniais. A estrutura mais impressionante é a mesquita de Jamali Khamali, anexa ao túmulo do poeta sufi Jamali. Peça ao zelador para abrir as portas se quiser ver o intricado relevo do reboco do teto. Nas imediações, ficam a Rajon ki Baoli, uma escadaria majestosa do século 16 com degraus monumentais, e os túmulos de Balban e Quli Khan, castigados pelo tempo.

A sudoeste do Parque Arqueológico fica um complexo de túmulos e palácios de verão em ruínas, construído no final do período Mughal perto do tanque de Haus i Shamsi (num desvio da estrada de Mehrauli–Gurgaon). O espaço vazio entre dois dos túmulos era para ter sido preenchido pelo último rei de Deli, Bahadur Shah Zafar, que morreu no exílio em Burma (Myanmar) em 1862.