Bélgica

Onde comer em Bélgica

‹ Anterior

de 1

Próxima ›
  1. De Groote Witte Arend

    Mantendo a arcada de pedra toscana do prédio que foi um convento do século 15 ao 17, essa joia central combina a diversão de uma boa cervejaria com a satisfação da boa cozinha. Preços acessíves e pratos flamengos.

  2. De Stove

    Apesar das constantes críticas favoráveis, esse calmo restaurante familiar continua amistoso, confiável e criativo, sem o menor apelo turístico. O cardápio que muda todo mês privilegia o peixe fresco. Quase tudo é feito lá, do pão ao sorvete.

  3. Den Gouden Harynck

    Atrás da fachada coberta de hera, esse restaurante com estrelas Michelin acumula elogios consistentes e não machuca tanto seu bolso quanto os concorrentes mais famosos. Localização encantadora: central e calma.

  4. Fin de Siècle

    Dos carbonade (cozido de carne) e frango com cerveja de cereja até mezzes e tandoori, as comidas são tão ecléticas quanto a decoração desse lugar cult de pouca luz. As mesas são rústicas, a música constante, o teto é roxo e os preços convertidos dos
    francos belgas. Para citar o barman, “não tem telefone, nem reservas, nem placas na entrada… fazemos de tudo para colocar
    as pessoas para fora, mas elas continuam vindo”. Filas são comuns.

  5. Het Vermoeide Model

    Essas agradáveis, embora meio turísticas, casa medieval e restaurante têm salas de tijolos à vista e música ao vivo no piano em alguns finais de semana do inverno. Mas a surpresa “secreta” é uma íngreme escadaria rangente que conduz a um pequeno terraço, para o qual é preciso reservar no verão. O menu inclui bifes, costelas, waterzooi e, às vezes, mexilhões em calvados.

  6. In ’t Nieuwe Museum

    Esse lugar agradável e familiar é assim chamado devido a sua coleção de placas de cerveja e cofrinhos. Serve almoço a ótimos preços (€7 a €12,50) e jantares com carnes suculentas preparadas em uma lareira do século 17, além de hambúrgueres vegetarianos, pratos com enguia e cremosas vispannetje (caçarola de peixe). Para encontrá-lo, siga a Hoogstraat/Langestraat a oeste, passe o famoso de Karmeliet, vire à direira e caminhe por uma quadra depois da Ganzenstraat.

  7. Kathedraalcafe

    Essa obra-prima medieval, coberta de hera, tem o interior surpreendente, adornado com anjos, santos, púlpitos
    e diversas e deliciosas piadas visuais sacrílegas.

  8. Mer du Nord

    Essa peixaria com boa reputação tem fila e oferece lanches rápidos e almoços em mesas externas de metal.

  9. Restobières

    Combina cervejas com pratos típicos belgas em um restaurante delicioso, apesar de um pouco apertado. As paredes são cheias de garrafas, moedores e antigas latas de biscoitos com cenas da realeza belga.