América do SulDicas e artigos

Como curtir o Carnaval por todo o Brasil

Carnaval de rua no Rio

Uma das mais animadas festas do mundo, o Carnaval – com seu hedonismo exuberante – é celebrado com grande entusiasmo em praticamente todas as cidades brasileiras. Milhões de turistas vêm ao país para assistir os espetaculares desfiles de fantasias, os blocos de rua impregnados de ritmos e vibrações e a folia em suas mais variadas formas.

História

Também conhecido como a Terça-Feira Gorda, o Carnaval é originário de inúmeras festas pagãs realizadas com a chegada da primavera. Na Idade Média, na Europa, eram festas libertinas, até que foram “domesticadas” pela Reforma e pela Contra-Reforma. Porém, nem mesmo a Inquisição conseguiu aniquilar o Carnaval na colônia portuguesa, onde a festa incorporou fantasias indígenas e ritmos africanos. Estima-se que a palavra “carnaval” deriva do latim carne vale, que significa “adeus à carne”, referente ao período de 40 dias de abstinência (da carne e outros prazeres mundanos) exigidos pela Quaresma. A fim de compensar a privação que virá a seguir, os pecados são cometidos por antecipação, com festas desvairadas em homenagem a Momo, o rei do Carnaval.

 

Carnaval no Rio de Janeiro

Bloco de rua na praia de Ipanema
Foto por: Getty Images

 

Os turistas contribuem com o caos que predomina durante o Carnaval na cidade, juntando-se aos cariocas nos blocos
de rua e nos bailes à fantasia. Há shows gratuitos por toda a parte (próximos aos Arcos da Lapa, no Largo do Machado e na Praça Floriano, por exemplo), mas os que preferem uma pitada extra de luxúria têm a opção de ir a um dos inúmeros bailes cariocas. Seja qual for a sua opção, prepare-se para passar noites em claro e curtir o mais autêntico samba, misturando-se à multidão de foliões que invade a cidade.
Para obter mais informações sobre os eventos que acontecem durante o Carnaval visite a Riotur, órgão do turismo com informações oficiais sobre o Carnaval.

 

Carnaval em Salvador

Salvador é famosa por seu carnaval cheio de axé
Foto por: Getty Images

 

Embora o foco das atenções seja o carnaval do Rio de Janeiro, Salvador também promove uma festa grandiosa. Na verdade, este é um dos maiores carnavais do Brasil, tendo atraído, em sua última edição, mais de 2 milhões de foliões.
Em Salvador, a festa geralmente começa na noite de quinta-feira antes do Carnaval, quando o prefeito entrega ao Rei Momo as chaves da cidade, no bairro de Campo Grande (embora tal cerimônia tenha ocorrido na praça Castro Alves, recentemente). A celebração chega ao fim na Quarta-Feira de Cinzas, com desfiles encerrando os festejos.

Assim como em outras partes do Brasil, a música tem um papel central nas celebrações, e, em Salvador, o ritmo predominante é o axé, gênero afro-baiano que resulta da mistura dos mais variados ritmos, do samba-reggae ao forró, passando pelo calipso e pelo frevo. Não resta dúvida de que o axé é o hino pop do carnaval em Salvador, e também de outras regiões do Nordeste.

 

Carnaval em outras cidades

Recife: festa tradicional, música de diversos estilos, ampla participação do público (não esqueça sua fantasia!) e gigantescas festas de rua, incluindo o Galo da Madrugada, que reúne mais de 2 milhões de foliões na abertura oficial
do carnaval, que ocorre na manhã de sábado.

Olinda: uma festa espontânea, divertida e aberta a todo o tipo de pessoas, sem exceção; dura 11 dias e tem início com o desfile de mais de 400 “virgens” – que são, na verdade, homens vestidos de mulher.

Os bonecos de Olinda são a grande atração do carnaval na cidade
Foto por: Getty Images

 

Porto Seguro: festa semelhante ao Carnaval de Salvador, dura a semana inteira e termina no sábado seguinte à Quarta-Feira de Cinzas.

Florianópolis: um dos carnavais brasileiros mais receptivos aos gays (só perde para o carioca), além de ser a maior e melhor festa da região Sul.

São Paulo: embora sejam menos agitadas do que na maioria das cidades, as celebrações paulistanas incluem um espetacular desfile no Sambódromo da capital; multidões menos infladas e preços mais baixos são o grande destaque desta simpática festa.

Ouro Preto: um verdadeiro “carnaval universitário” agita as ladeiras dessa belíssima cidade histórica, por onde desfilam blocos formados, em sua maioria, por jovens das diversas repúblicas da cidade. Cada vez mais tem atraído foliões de outros estados.

São Luiz do Paraitinga: nesta cidade do interior do estado de São Paulo, o carnaval é “retrô”: a festa conta com desfile de bonecos gigantes e concurso de marchinhas.

 

Esta matéria é um trecho do guia Brasil da Lonely Planet.

Este artigo foi publicado em Fevereiro de 2015 e foi atualizado em Fevereiro de 2015.

América do Sul

Destaques