África

Entretenimento em África

‹ Anterior

de 2

  1. Book Café

    Sem muita frescura, ainda é o melhor lugar para música ao vivo, com uma lista variada de bandas e gêneros todas as noites, exceto aos domingos. Procure anúncios dos eventos pela cidade, ou visite a página do Facebook. Também faz pizzas em forno a lenha.

  2. Cafe Clock

    O irmão do muitíssimo bem-sucedido Cafe Clock de Fez fica em uma escola antiga, cujo pátio é bem iluminado e oferece lindas vistas para a casbá ao pôr do sol. O chef Tariq Hadine se mudou para a cidade para cuidar do cardápio sazonal, que conta com sanduíches, saladas e, claro, o hambúrguer de camelo que é sua marca registrada.
    Você ficará fã do Clock não apenas pela comida deliciosa, mas também pelas salas de aula reestilizadas e o clima multicultural. Junte-se a Beyaz para praticar dança do ventre em uma sala privada ou assista à caneta de Abdelali dançar pela página na aula de caligrafia antes de se inscrever em uma aula básica de cultura e culinária marroquina
    (Dh600). Aos domingos, há shows ao pôr do sol (adulto/estudante Dh20/10). Mas o melhor de tudo é que os contadores de história da Jeema se apresentam aqui acompanhados de intérpretes de inglês e francês.

  3. Chameleon Bar

    Esse efervescentebar fica em frente ao Buchanan’s Grill em um quarteirão arborizado e oferece música ao vivo, noites com DJ, leitura de poesia e festas temáticas.

  4. Chez Ntemba

    As atrações ao vivo dessa casa noturna – com nítido tempero africano – e a pista atraem locais e wazungu (estrangeiros brancos) em uma ferveção de corpos suados.

  5. Cinéma Rialto

    Cinema clássico enorme com uma única sala art déco.

  6. Cinema Rif

    Nesse belo prédio art déco restaurado você encontrará filmes independentes e sucessos de bilheteria, principalmente americanos, marroquinos, espanhóis e franceses (os filmes espanhóis e americanos são tipicamente dublados em árabe).

  7. Complex Culturel Sidi Belyout

    Esse teatro de 200 lugares recebe peças (geralmente em árabe), além de espetáculos de música e dança ocasionais.

  8. Festival de Cultural Amazigh

    Esse festival, organizado em parceria com o Institut Royal de la Culture Amazighe, tem por objetivo promover e proteger a cultura amazigh (berbere). A programação inclui atrações musicais, além de palestras e workshops.

  9. Festival Internacional de Cinema de Marrakech

    Estrelas de Hollywood a Bollywood desfilam pelo tapete vermelho nesse festival de uma semana com premiações nada previsíveis.

  10. House on Fire

    Parte do complexo Malandela’s, esse conhecido espaço recebe de tudo, desde teatro, música e filmes africanos até raves. Desde 2007, abriga o anual Bush Fire Festival, que apresenta música, poesia, teatro e qualquer outra coisa excêntrica que você imaginar.

  11. Institut Français

    O Institut Français é o centro da vida cultural de Meknès, com filmes, peças, shows e exposições.

  12. Jazz 105

    Um sucesso local com afro jazz ao vivo nas noites de domingo e quarta‑feira.

  13. Le Colisée

    O cinema mais sofisticado da cidade, o Le Colisée às vezes exibe filmes na língua original legendados em francês.

  14. Le Trica

    Esse bar-lounge de dois andares com paredes de tijolo e mobília dos anos 1960 é o lugar para sentir a batida do novo Marrocos. O ambiente é quente e descolado à noite, embalado por música techno e o fluxo de cerveja e mojitos (coquetéis com rum), mas as coisas ficam bem mais tranquilas no almoço.

  15. Les Abattoirs de Casablanca

    Os abatedouros do centro histórico, construídos em 1922, foram transformados em um impressionante centro cultural apelidado de Fábrica de Cultura. Próximo à estação de trem Casa Voyageurs, o centro recebe exposições e apresentações, peças, shows e oficinas com temas diversos, de confecção de máscaras a patinação, inclusive algumas para crianças.